quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Indústria e Comércio paga com dispensa R$ 1,4 milhão para monitorar terreno da Refinaria



Simplício Araújo gastou R$ 1.431.712,23 milhão com as empresas Manancial Segurança Privada Ltda e Ágil Construções e Serviços Ltda para vigiar e manter o terreno destinado a Refinaria Premium.
Apesar do cancelamento da construção da Refinaria Premium I da Petrobras, em Bacabeira, a obra continua dando prejuízo aos cofres públicos.

O terreno, doado ao Governo Federal pelo Governo do Maranhão e depois devolvido, até o momento não foi destinado a outro empreendimento, portanto necessita de vigilância para que não seja invadido ou danificado.

Partindo desse princípio, a gestão estadual, por meio da Secretaria de Indústria e Comércio (SEINC), contratou, em caráter emergencial com dispensa de licitação, a empresa Manancial Segurança Privada Ltda, pela quantia de R$ 462.803,52 mil para prestar serviço de vigilância motorizada e armada no terreno que seria instalada a Refinaria, durante 90 dias. O contrato foi assinado em outubro de 2015.

O titular da Seinc, Simplício Araújo, também dispensou licitação para contratar a empresa Ágil Construções e Serviços Ltda, em novembro de 2015, pela quantia de R$ 968.908,71 mil para que realizasse a manutenção de vias do local.
Continua...

Somente para monitorar um terreno vazio, o secretário de Indústria e Comércio gastou R$ 1.431.712,23 milhão em 3 meses.

5 comentários:

  1. Carlinhos a pele do cordeiro ta caindo de comando lobo, nunca me enganei com o Simplício! Abre o olho Pedreiras!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Vós ainda não olharam nada, klebinho, simplicio. Falam mal de todos pq são os maiores corruptos de Pesreiras. Klebinho assaltou a prefeitura de Pesreiras vendendo pra Prefeitura sendo vereador. E simplicio desviando recurso do estado. E isso não é novidade , vendeu suas emendas como deputado federal, imagina como gestor da secretaria de indústria e comércio.

    ResponderExcluir
  3. Tivesse me chamado para vigiar esse terreno eu tinha ido pela a metade do preço...botava quisser de faca na cintura e uma baladeira na mão duvido q umenu o urubu se assentasse LÁ.

    ResponderExcluir
  4. ainda vem mais, isso é só o começo

    ResponderExcluir
  5. ACHO QUE NEM O FBI COBRAVA TÃO CARO.

    ResponderExcluir