sexta-feira, 4 de março de 2016

Empresa de gás natural celebra início de operação de novos campos no Maranhão nas cidades de Lima Campos e Capinzal do Norte


Vice-governador Carlos Brandão durante solenidade que marcou o início da exploração de gás dos campos de Gavião Vermelho (GVV) e Gavião Branco (GVB).
O potencial produtivo de gás do Maranhão continua em expansão. A Parnaíba Gás Natural (PGN) anunciou, em solenidade na quarta-feira (2), no Hotel Luzeiros, a entrada em operação dos campos de Gavião Vermelho (GVV) e Gavião Branco (GVB), localizados na Bacia do Parnaíba. O início das operações dos dois novos campos eleva a capacidade de produção em 70%. O vice-governador Carlos Brandão participou do evento, representando o governador Flávio Dino, e recebeu da empresa a broca que representa o 1º gás extraído de GVV e GVB.

Os campos de Gavião Vermelho, localizado em Capinzal do Norte, e Gavião Branco, em Lima Campos, receberam investimentos de R$ 771 milhões e são fundamentais para que a Parnaíba Gás Natural eleve a capacidade de produção de 4,9 milhões de m³/dia para 8,4 milhões m³/dia até julho deste ano, o que representa um aumento de 70%.
Continua...

Para o vice-governador Carlos Brandão, o gás é uma fonte de energia limpa e mais barata, e o potencial maranhense o transforma em grande instrumento de desenvolvimento do Estado. “Hoje estamos trabalhando para trazer vários investimentos, e a perspectiva de utilizar o gás nesse processo é grande. Então, o gás termina sendo um importante vetor de desenvolvimento do Estado. Cerca de 40% de todo gás produzido em terra no Brasil, é gerado aqui no Maranhão”, realçou Brandão.

O vice-presidente de Relações Institucionais e Comunicação da PGN, Henrique Rzezinski, destacou que, desde abril do ano passado, quando a empresa comemorou a primeira Declaração de Comercialidade, o negócio acumulou conquistas na exploração e produção de gás natural em bacias de nova fronteira.
“O cuidado em contratar trabalhadores das comunidades locais é apenas uma parte do nosso compromisso de estimular o desenvolvimento econômico e social na região em que atuamos”, ressaltou Rzezinski.

Ele explicou que, em 2015, a PGN oficializou apoio ao Programa ‘Escola Digna’, e está comprometida com o Programa de Investimento Social em parceria com a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) para auxiliar o Governo em ações efetivas de melhorias do sistema de abastecimento de água no município de Pedreiras, além de investir em cursos de qualificação profissional voltados para as comunidades rurais da área de influência da empresa.

Vice-governador Carlos Brandão durante solenidade que marcou o início da exploração de gás dos campos de Gavião Vermelho (GVV) e Gavião Branco (GVB).
“Mas, nada do que foi dito teria sido possível se a PGN não contasse com o suporte do Governo do Maranhão. Com um trabalho sério, transparente e pautado pela ética, o governo estadual do Maranhão exerceu um papel de destaque na construção de nossa história de sucesso, pelo qual somos gratos”, reiterou o vice-presidente.

Site Governo do Maranhão

2 comentários:

  1. Seria interessante um post falando sobre os locais para entrega de currículos.

    ResponderExcluir
  2. Seria interessante se a empresa divulgasse o montante de recursos repassados aos municípios de abrangência, isso pq essas duas cidades estão sendo governadas por dois irresponsáveis. São duas caixas pretas que deveriam ser abertas.

    ResponderExcluir