domingo, 13 de março de 2016

Preso quando participava de um jogo pelo campeonato de Pedreiras


Atualizada com correções de informações

Na noite de sábado (12), em uma ação conjunta da Polícia Civil, sob coordenação do Delegado Lucas Smith, Polícia Militar e Serviço Velado do 19 BPM, sob comando do Tenente Kedson, foi dado cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de Marcus Vinicius,  19 anos, morador do Major Lucena, em Trizidela do Vale. O Ministério Público solicitou a prisão em decorrência do Nego Téo, acusado de tráfico, ter sido preso na casa de Marcos Vinícius. A polícia investiga a denúncia de que a residência era usada para tráfico e a organização de assaltos.

Marcus Vinicius foi preso por volta das 21h00 no Estádio do Pilizão, em Pedreiras, onde participava de um jogo de futebol válido pelo Campeonato de Pedreirense.

A delegacia de Trizidela e a policia militar estavam monitorando o acusado que estava viajando; os policiais descobriram que ele estava no campeonato. Como sábado era dia de jogo do time de Marcos Vinícius, o mandato de prisão foi cumprido no estádio.

Ele foi conduzido para o DP e se encontra a disposição da justiça.

ERRATA

Nesta manhã de domingo, foi postada em nossa página a informação errônea de que a prisão de Marcos Vinícius se deu por conta de um suposto envolvimento no tiroteio no balneário da Serraria no dia 11 de janeiro do corrente. Um delegado da polícia civil entrou em contato com nossa redação corrigindo a informação.


“Marcos Vinicius não tem nada a ver com os tiroteios da Serraria. Aquilo foi outra situação. Quem pediu a prisão foi o Ministério Público por conta do Nego Téo ter sido preso na casa do Marcos. Lá tinha tráfico na casa e eles se organizavam para planejar assaltos”, explicou o delegado. 

R.F.

0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário