quinta-feira, 28 de abril de 2016

Lago da Pedra: população clama por mais segurança na cidade


Insegurança, medo e sensação de impunidade. Este é o sentimento presente na população de Lago da Pedra que convive com a crescente onda de assaltos na cidade
As manifestações contra a violência são constantes em Lago da Pedra
A população de Lago da Pedra ultrapassa 50 mil habitantes, a cidade é polo para outras cidades da região, e diante dessa importância, conta com um efetivo policial insuficiente; são apenas seis policiais por plantão para fazer a segurança; com isso a população  perdeu o sossego e o medo de sair às ruas, pois os marginais agem a qualquer hora do dia.

O pastor Wandeilson Sobreira foi uma das recentes vítimas. Os bandidos entraram em sua residência no bairro Marta Morais, pelo muro, depois arrebentaram o portão e levaram sua motocicleta de dentro de casa, enquanto a família dormia. Casos como este se multiplicam pela cidade.
Continua...

São assaltos às residências, lojas, saidinha bancária, sem falar nos celulares, principal alvo dos marginais. Assaltos à agência bancária, correios e lotérica; também já foram registrados mais de uma vez.  Para a população falta uma presença mais efetiva do Estado, na segurança pública da cidade.

Dados do Comando da Polícia Civil, referentes aos meses de janeiro, fevereiro e março apontam o aumento das ocorrências.

“A gente fica refém dos bandidos, porque não mandam mais policiais pra cá, não temos segurança nem dentro de nossas casas”, disse a dona de casa Morgana Ribeiro, moradora da rua Bayma Serra e que teve seu celular arrancado das mãos na porta de casa.

A população clama por socorro, na esperança de que algo seja feito pelo Governo do Estado em prol da segurança, para que o cidadão possa sair às ruas, exercendo sua plena liberdade de ir e vir  e tenha mais tranquilidade para viver em paz, sem o medo que hoje assusta a todos

Blog Estou na Pedra

Um comentário: