segunda-feira, 30 de maio de 2016

Dois homens se armaram com armas brancas para matar e acabaram mortos


Dois casos de homicídio registrados em nossa região na semana passada chamam atenção pelo seguinte detalhe: as vítimas se armaram para matar, partiram para a briga e acabaram mortas, - um deles foi morto com a própria arma que caiu na mão de seu algoz.

Pedreiras

No dia 26 de maio, feriado de Corpus Chrsti, Wanderson Santos, mais conhecido pelo apelido de Lucin foi cobrar uma pequena dívida no valor de apenas R$ 20,00 (vinte reais) ao individuo identificado com Lucin, morava no Bairro Mutirão, em Pedreiras (MA). Segundo informações de testemunhas, os dois bateram boca, trocaram insultos, minutos depois se armaram e começaram a brigar. Andim se armou com uma faca e Lucin com duas pedras. Depois da primeira pedrada, lançada sem êxito, Lucin derrubou Andim na segunda pedrada e continuou a agressão com várias pauladas em seu oponente caído no chão. Andim foi levado para o HG de Presidente Dutra, onde morreu  nesta segunda-feira (30).
Andim se armou com uma faca e foi morto a pedrada e pauladas
Lima Campos

Na noite de sábado (28), na zona rural de Lima Campos (MA), no meio de uma bebedeira eclodiu uma briga feia; Francivaldo da Conceição, conhecido como Sula, um jovem de apenas 23, puxou um facão e desferiu um golpe na barriga de seu oponente, identificado como Clemilton. Ferido, Climilton entrou em luta corporal com Fracivaldo, tomou-lhe o facão e de posse do instrumento, efetuou um golpe próximo ao pescoço de seu desafeto. Francivaldo foi levado para o Hospital de Lima Campos, passou por procedimento médico, depois liberado para ser conduzido pela guarnição da PM, foi apresentado na DP de Pedreiras, devidamente preso, colocado para dormir no corredor da carceragem, e “acordou morto”. O óbito foi registrado na manhã do domingo (29). Clemilton foi levado para o HG de Peritoró e seu estado de saúde é estável.
Sula foi morto com o próprio facão
Esses dois casos mostra a sabedoria do alerta bíblico: “Quem com ferro fere, com o ferro será ferido!”

Justiça seja feita - Ainda assim, as pessoas que são acusadas de praticar os homicídios precisam ser julgadas pela Justiça. 

Um comentário:

  1. 'acordou morto" acordou aonde? não seria amanheceu morto? essa e outra história que merece atenção, o preso foi espancado por outros presos? olhei em uma reportagem que ele dormiu no corredor, então não tinha contato com os demais apenados, ele foi atendido em um hospital antes de ser levado para a cadeia, como o médico poderia liberar alguém com sérios riscos de
    morte? a delegada ou delegado recebeu o preso e fez a autuação, o delegado(a) tinha garantias por parte do médico que o preso estava bem? qual foi os motivos da morte? duvido se a imprensa não cobrar se vai sair alguma explicação para essa morte suspeita.

    ResponderExcluir