sábado, 21 de maio de 2016

Dois suspeitos de participar do assalto a Van em Lago Açu são conduzidos para averiguações


Dividindo a mesma algema, tio e sobrinho suspeitos pelo crime de tráfico de drogas acabaram levados a delegacia.

Segundo a polícia civil, tio e sobrinho são envolvidos em pelo menos duas práticas criminosas, roubo e tráfico de drogas. G. R. M., 17 anos de idade, quando foi abordado por homens do Serviço Velado da Polícia Militar disse, em principio, não ter passagem na policia, porém, depois ele decidiu falar aos PMs que já havia sido conduzido outras vezes por roubo.

O tio dele, identificado como Hélio Rodrigues Maciel, 37 anos, segundo a polícia militar, é quem comanda uma boca de fumo responsável por parte da droga que é vendida na cidade de Conceição do Lago Açu.
Mais em continua...

Ainda segundo informações da polícia, eles também são suspeitos do envolvimento no assalto a Van que transporta professores de Bacabal à Lago Açu, ocorrido na última terça-feira (17), por volta das 23 horas, no Povoado Tatajuba, limites entre Lago Açu e Lago Verde.

Cerca de cinco elementos encapuzados e armados de garruchas e revolveres participaram da ação criminosa.

Além do motorista onze professores se encontravam no interior do veículo, quando aconteceu o assalto; o veículo retornava para cidade de Bacabal.

Os suspeitos por roubo e tráfico de drogas foram detidos e encaminhados à delegacia do 1º Distrito Policial de Bacabal.


Ao blog Falando Sério, tio e sobrinho negaram envolvimento nos crimes. Ocorre que o "SI", Serviço de Inteligência, encontrou uma pequena porção de maconha com eles, mas Hélio alegou que a droga era para consumo próprio. Eles não convenceram e a policia militar decidiu trazê-los a delegacia 1º Distrito Policial de Bacabal para que eles possam  explicar ao delegado plantonista.


Com informações do Blog Falando Sério Bacabal

3 comentários:

  1. Thais Elane Gomes22 de maio de 2016 20:08

    Mais esse cm a mão nos quartos tá preocupado ��������,ele tá assim é pq sabe qui a pena nesse nosso Brasil é das mais severas #DigoAoContrário já já vai tá na rua de novo��

    ResponderExcluir
  2. Francisco Morais22 de maio de 2016 20:11

    Os caras são suspeitos, nem quer dizer que são eles mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Não prendam, matem logo. Por palavras assim que muitos não ve o outro dia. Digo e repito tem que morrer e Quem achar ruim que se foda, se quiser me encontrar é só me procurar por mim no 13 Batalhão da PM na cidade de Raposa e vai achar, fica o recado p vê se eu não olho o outro día.

    ResponderExcluir