quarta-feira, 4 de maio de 2016

Tiros na Baixada em Trizidela do Vale


Atualizado às 16h00 desta quinta-feira para correções de informações 

Por volta das 20h00 de ontem (04), tiros foram ouvidos na Rua São Joaquim, próximo a Praça João Muniz, região da Baixada, em Trizidela do Vale (MA). Os grupos da rede social repercutiram o fato, porém, com noticias desencontradas. Alguns informavam que se tratava de confronto entre gangues ou entre bandidos e policiais.

O presente blog chegou a informar que se tratou de uma tentativa de assassinato. No final da manhã de hoje, veio uma informação mais concreta. Segundo o repórter R. F. que cobre a área policial de Pedreiras e Trizidela do Vale, policiais realizavam uma operação na região da Baixada para prender um dos indivíduos que participaram do assalto a Farmácia Santa Rita no último sábado. Eles fecharam o cerco entorno de um grupo de suspeitos. Ao avistarem a polícia, os suspeitos empreenderam fuga. Os policiais chegaram atirar para cima, enquanto davam ordem para eles parar. Nenhum obedeceu. O grupo pulou um muro alto e um deles se machucou na queda.

Por conta desse ferido, repercutiu o relato que a polícia entrou na Baixada atirando e um jovem se feriu à bala. No hospital foi constatado que os ferimentos foram provocados durante a queda do muro. O principal alvo da PM conseguiu fugir. A polícia está encrudescendo para cima da malandragem. 

5 comentários:

  1. Observando o dia a dia de nossa cidade, nota-se que inúmeras pessoas criticam o atual comando do policiamento na região e clamam pela volta do ex mercenário.
    Mas será que essa violência é municipal? Se olharmos o Estado como um todo, veremos que o descaso é do governo Estadual, pois sem condições de trabalho a polícia já mais poderá garantir a segurança pública. Então será que o ex comandante teria condições de trabalho em igual situação?
    Criticar é fácil, duro é enxergar a realidade quando o povo chega a sentir saudades dos Sarneys, enquanto o governo da mudança diz que não pode fazer milagres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se trata disso, somente as ações que eram realizadas antigamente é que inibiam as ações de criminosos. Eu trabalhava externamente na época e muitos dos bairros que eram perigosos antes da chegada do mesmo, como Nova Pedreiras,alguns altos do Goiabal, Vila das Palmeiras e Marmorana, entre outros, depois das ações do ex comandante e do delegado da época,podia-se entrar com tranquilidade a qualquer hora do dia e da noite. Atualmente o centro da cidade é que está perigoso e esta é só uma pequena diferença, sem contar outros fatores. Como o aumento da emissão de habilitações,classe organizada dos mototaxistas, utilização de equipamentos de segurança, entre outros, tinham era competência.

      Excluir
  2. Parabens a Polícia que dizem ontem jogou duro e meteu bala num elemento de conhecida periculosidade, só falhou porque o elemento não desceu as profundas.

    ResponderExcluir
  3. Estamos todos em apuros!!! corremos grandes risco de sermos alvejados a qualquer hora. Embora a Baixada seja descriminadíssima aqui moram pessoas de boa índole

    ResponderExcluir
  4. A polícia está de parabéns agindo contra a criminalidade, e alguns dizem por aí, que "bandido bom, é bandido morto".

    ResponderExcluir