quinta-feira, 30 de junho de 2016

“O ladrão demitiu uma mulher do trabalho, em Lago da Pedra”


Assaltos, furtos e arrombamentos voltam a atormentar a vida dos lagopedrenses

Lago da Pedra atravessou momentos tensos, críticos e perigosos diante do número elevado de ocorrências relacionadas a roubos este ano; debaixo de forte pressão da sociedade que foi às ruas exigir segurança, o governo do estado decidiu agir: reforçou a tropa com PMs de São Luís, a polícia realizou operações, prisões e conseguiu estancar os assaltos, furtos e arrombamentos na cidade; no entanto, (como reza o surrado ditado: "tudo que é bom dura pouco!") passado alguns dias de tranquilidade, o lagopedrense está sentindo na pele que essas ocorrências começam a voltar devagarinho e crescendo. Veja o relato que li ontem à noite nos grupos da rede social que me deixou contristado, revoltado e, que segundo os internautas, foi apenas um caso entre alguns aconteceram nos últimos dias na cidade.


Oh, seu Delegado de Polícia Civil e seu comandante da Companhia da Polícia Militar de Lago da Pedra, resgatem das mãos desse vil criminoso a máquina de costura dessa senhora, o único meio de sobrevivência da mesma. Pode se afirmar que o ladrão a demitiu do trabalho e só a polícia tem o poder de devolver o seu emprego.

Talvez uma alma caridosa, um empresário, um político, um homem de bem de Lago da Pedra possa doar uma máquina de costura para essa senhora, quem sabe...

0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário