quarta-feira, 1 de junho de 2016

Operação Lava-Jato: É bom que esclareça tudo, que o país seja passado a alimpo, defende Hildo Rocha


O deputado Hildo Rocha (PMDB/MA) voltou a manifestar apoio ao Juiz Sergio Moro e defendeu o aprofundamento da Operação Lava-Jato. “É bom que se esclareça tudo, que se descubra tudo de errado que foi feito, que o país seja passado a limpo”, enfatizou Rocha em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal.

O parlamentar destacou que ninguém está acima das leis. “Nenhuma autoridade, detentora de mandato, ou ocupante de cargo executivo, que tenha cometido desvio de conduta, pode ficar impune”, declarou. Segundo Rocha, Lula e Dilma também estão passíveis de punição. “Lula e Dilma não são inimputáveis. Somos iguais perante a lei”, enfatizou Hildo Rocha.

Ataques ao STF

O pronunciamento de Hildo Rocha foi uma reação ao comportamento de colegas de parlamento que utilizam a prerrogativa da imunidade parlamentar para atacar do STF. “São vozes isoladas que aqui utilizam esta tribuna para atacar membros do Supremo Tribunal Federal”, disse.
Continua...
O deputado fez questão de ressaltar que os ministros têm agido em conformidade com a constituição cidadã que teve como patrono Ulysses Guimarães. “A nossa constituição está sendo respeitada, sim. O Supremo Tribunal Federal é constituído dos mais renomados juristas do nosso país. Portanto, eles agem dentro da legalidade”, declarou.

Insatisfação

Rocha disse ainda que os ataques ao STF decorrem da insatisfação de integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT) que enriqueceram ilegalmente. “É fácil atacar as pessoas aqui da tribuna. Acontece que, a nossa constituição fere mortalmente o partido que se utilizou do poder para enriquecer varias pessoas, de forma criminosa usando o dinheiro do povo”, afirmou.

Como forma de realçar a participação do PT em irregularidades, Rocha citou os nomes de Delúbio Soares e Antônio Vaccari Neto, dois ex-tesoureiros do partido que foram condenados pela justiça e estão cumprindo pena.

Lava-Jato

Rocha reafirmou que o Juiz Sérgio Moro tem feito um bom trabalho e lembrou que o Presidente Michel Temer tem dado repetidas demonstrações de apoio à Operação-Lava-Jato. “O presidente Michel Temer vai dar apoio total, inclusive não mexeu na diretoria da Polícia Federal, manteve o diretor-geral no cargo”, lembrou o parlamentar.
Assessoria.

Um comentário: