quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Edilázio repudia postura de Flávio Dino


Deputado Edilázio Júnior repudia postura de 
Flávio Dino em campanhas no interior do estado
O primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, deputado estadual Edilázio Júnior (PV), criticou na sessão de ontem, 20, a postura adotada governador Flávio Dino (PCdoB) durante o período de campanha eleitoral no interior do estado.

Para o parlamentar, Dino ameaça adversários e coage eleitores, ao sugerir que o Palácio dos Leões somente ficará de “portas abertas” aos prefeitos aliados. Edilázio afirmou que Dino vai de encontro a tudo o que aquilo que pregou quando foi eleito em 2014.

“O governador Flávio Dino falava no Maranhão em 2014 que todos os prefeitos e deputados iriam ser tratados de forma igualitária. Mas aí, veio a realidade. Ele chegou em Imperatriz e afirmou que as portas do Palácio dos Leões só estarão abertas para a sua candidata. Ele tem de fazer campanha para seus candidatos com propostas, de compromisso, e não com ameaças. Não é chegar nos municípios onde há um candidato contrário à sua ideologia comunista e ameaçar, falar que caso aquele candidato seja eleito, não terá apoio do Palácio dos Leões”, enfatizou.
Mais em continua...


Edilázio citou o caso de Barreirinhas, como exemplo da intervenção política de Dino nas eleições, que teve por objetivo beneficiar o PCdoB. “Lá em Barreirinhas o prefeito Léo Costa votou nele em 2014. E o que ganhou? Ganhou a perda do partido, assim como outros 16 prefeitos que votaram nele. É o governo da panelinha”, completou.

“O governador Flávio Dino tem de respeitar os maranhenses. Ele não pode chegar em Imperatriz, com a candidata dele patinando nos 20 pontos, e desrespeitar 80% da maior cidade da região tocantina. Ele tem de tratar os prefeitos bem, tratar a classe política bem. É uma unanimidade que há descaso por parte dele em relação à classe política, por isso o meu repúdio”, finalizou.

Blog do Zeca Soares
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário