quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Governador Flávio Dino não comparece a comício de aliado em Lago da Pedra


Dino era a cereja do bolo no comício, mas deixou o amigo ao
deus dará 
 
Ontem, 28, o grupo político de Mauro Jorge (PCdoB), candidato a prefeito de Lago da Pedra, promoveu arrastão e o comício de encerramento. Há dias que simpatizantes do candidato de oposição convidavam a população para participar do grande ato político que contaria com a presença do governador do Maranhão. Flávio Dino era disparado a 'cereja do bolo' da festa comunista em Lago da Pedra. “Governador Flávio Dino vai reforça o palanque de Mauro Jorge em Lago da Pedra”, alardeavam os meios de comunicação ligado ao 65.
Dino enviou Márcio Jerry para representá-lo, mas quem diábos queria ver Jerry mesmo? 
No entanto, mais uma vez Flávio Dino decepcionou ao deixar seu aliado na mão. Ele não compareceu ao comício de encerramento da campanha do PCdoB de Lago da Pedra. Pense num constrangimento! Foi uma grande decepção para a comissão de frente da campanha da oposição. O que dizer para os eleitores que saíram de casa com a promessa de encontrar Flávio Dino no palanque de Mauro Jorge?!

Os aliados de Mauro Jorge esperavam que a presença do governador proporcionasse uma grinada na campanha do 65. Mais do que isso, especulava nos bastidores político o boato que o governador, em pessoa, visitaria a casa de Luís Osmani para convencê-lo a tirar sua esposa da disputa para apoiar Mauro Jorge. Ledo engano!
 Continua...


O governador não foi à Lago da Pedra; infelizmente esse é o segundo ato político em favor de seu amigo Mauro Jorge que Dino deixa de participar; importante ausência deixou o grupo de oposição alquebrado. Aliados de Mauro, com os rostos vermelhos de vergonha, ainda tentaram justificar a não ida do governador para participar do comício em Lago da Pedra, ontem à noite, com justificativas mirabolantes: “o governador Flávio Dino não pode vir porque o Bonde dos 40 está tocando terror na capital e ele precisou ficar em São Luís para garantir a segurança”, alegaram. Nem preciso lembrar que Flávio Dino não precisa executar pessoalmente a segurança de uma cidade, quando ele tem o secretário de Estado da Segurança, a cúpula da Polícia Civil e o comando da Polícia Militar a sua disposição para cuidar de bandidos. E, mais importante, não houve atentados de facções criminosas ontem à noite em São Luís.

O certo é que Flávio Dino não foi a Lago da Pedra, porque não quis ir. Sua ausência prejudicou sensivelmente a candidatura de Mauro Jorge e, ele, o governador, precisa se explicar aos correligionários de Lago da Pedra a sua atitude aparentemente desleixada com aliados de uma importante cidade no interior.

Mauro Jorge precisava da presença e da força do governador Flávio Dino nesta reta final, porém, o que se sente em Lago da Pedra é que Dino abandonou seu amigo a deus dará.


- Caso Mauro Jorge não consiga vencer as eleições, uma grande parcela da culpa se deve ao seu amigo governador Flávio Dino. 
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário