quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Hildo Rocha comemora aprovação da MP que extingue mais de 10 mil cargos



O Plenário do Senado aprovou na terça-feira (20) a medida provisória MP 731/2016 que extingue 10.462 cargos comissionados no Poder Executivo. O texto aprovado contém modificações recomendadas pelo relator, deputado Hildo Rocha (PMDB-BA). O parlamentar incorporou 12 emendas que desfazem a revogação total de algumas leis de organização administrativa de órgãos.

Economia e profissionalização

Hildo Rocha enfatizou que a medida faz parte do processo de profissionalização administrativa da administração federal. “Com essa medida, o governo do presidente Michel Temer irá economizar aproximadamente R$ 250 milhões ao ano, pois a iniciativa suprime mais de dez mil cargos comissionados, que poderão ser substituídos por funções de confiança privativas de servidores efetivos”, argumentou o parlamentar.

Continua...

Meritocracia

Rocha destacou ainda que a partir da efetivação da MP 731/2016 o presidente Michel Temer dará início à meritocracia no serviço público federal. Para concretizar a extinção dos cargos, o Executivo precisará editar decretos presidenciais aprovando novas estruturas regimentais ou estatutárias dos órgãos da administração pública federal.

Assessoria.
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário