segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Espaço Feminino: O “beijo grego” da vereadora de Dom Pedro



Um empresário do setor gastronômico, dono de restaurante lá pras bandas do Araçagi, e amigo de Bob Lobato, conta uma história que é o seguinte, Estava ele em Brasília cumprindo agenda de negócios uns seis anos atrás, quando certa noite resolveu procurar os serviços de uma garota de programa.

Escolhida a acompanhante, segundo o depoimento do meu querido amigo, ela cobrou R$ 300,00 por um “trabalho completo” sendo que se ele quisesse um “beijo grego” teria que desembolsar R$ 50,00 a mais, logo a aventura toda sairia por R$ 350,00.

Curioso, ele perguntou o que seria esse tal ‘beijo grego”. No que a moça teria respondido:
Continua...

“Assim, amor. Eu te dou um banho, lavo bem tuas partes íntimas, depois a gente volta pra cama, passo um creme no teu bumbum e passo a minha linguazinha bem gostoso nele”.

O empresário, a princípio desconfiado, aceitou encarar a novidade e foi à luta. Quado a menina começou dar o tal “beijo grego”, conta o empresário, ele foi à loucura a ponto de se perguntar o porquê de nunca ter experimentado tal técnica sexual antes. “Fiquei até desconfiado de mim, pois deu vontade de pedir para a mulher não parar”, contou à época numa roda de amigos.

Relato essa história, para abordar, neste Espaço Feminino, o episódio ocorrido com uma vereadora do município de Dom Pedro. Vamos lá.

A maioria dos casais, namorados, amantes etc. concorda com a ideia de que entre quatro paredes vale tudo quando feito em comum acordo.

O problema é quando aquilo que era para ficar na intimidades dos amantes vai parar nas redes sociais causando constrangimento amplo, geral e irrestrito. Foi o que aconteceu com a vereadora.

Através de um vídeo publicado em blogs e compartilhado em vários grupos de WhatsApp, a loiraça é vista praticando um profundo “beijo grego” no seu parceiro. Aliás, diferentemente do meu amigo empresário, o companheiro da vereadora parece que já era um praticante da técnica, uma vez que ele vai logo se posicionando de quatro para receber o carinho ‘revolucionário’, conforme se pode vê no vídeo.

Ora, gente, se a pobre da vereadora cometeu algum erro foi o de ter gravado ou deixar-se gravar em situação tão íntima e privada.

E de despertar comiseração da moça em vê-la ultrajada por ser tão ousada na cama.
Na verdade, a vereadora subjugou o seu parceiro! Ainda mais porque “brincou” com uma parte do corpo que é um verdadeiro tabu para os homens. Uma região inviolável, diria. Algo que, via de regra, acontece o contrário, ou seja, o homem que é o “todo poderoso” na cama e tenta submeter a mulher aos seus caprichos e instintos mais primitivos. Ponto para a vereadora, portanto!

De qualquer forma, esse caso é muito bom para as pessoas ficaram atentas quando decidirem gravar suas estripulias na hora do sexo. Em tempos de redes sociais todo o cuidado é pouco.

Quanto à vereadora, fica aqui a nossa solidariedade por tamanha humilhação pública pela qual foi vítima e pelas gozações de mal gosto que deverá enfrentar pelo resto da vida. Sem falar que ainda tem a história do pepino, mas isso é assunto para outra postagem.


E em relação ao meu amigo empresário que conheceu o “beijo grego” já à beira da terceira idade, fica o nosso alerta para não vacilar e acabar na redes sociais sendo confortado por essa técnica radical de prazer.

Fonte: Blog do Roberto Lobato 
__________________________

 Mantenha-se informado com as notícias da região
Clique no link: 


Os vídeos exclusivos do Blog do Carlinhos em primeira mão
Clique no link: 

4 comentários:

  1. Cada um faz o q gosta...o povo gosta mesmo e da vida alheia sao todos uns desocupado.deixa a bichinha fazer o Beijo grego dela ela gosta e ele tambem.kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Tudo indica que o amigo Carlinhos, gosta dessa pratica do Beijo Grego. Ummmm tuuu pensa que me engana em?

    ResponderExcluir
  3. O rapaz do vídeo é meu amigo e ele é honesto, trabalhador e uma pessoa de bem.

    ResponderExcluir
  4. Onde eu acho link para ver o vídeo?

    ResponderExcluir