segunda-feira, 28 de novembro de 2016

E lá se foi mais um festejo em honra a São Benedito, em Pedreiras



Uma multidão tomou, como de costume, as ruas de Pedreiras, para acompanhar a tradicional procissão que marca o encerramento do festejo em honra a São Benedito. São pessoas simples, pagadoras de promessas, carregadores de andor que sentem o prazer de fazer parte da festa, autoridades eclesiásticas, políticos; todos se misturam num só sentido, a fé de um povo que torna-se romeiro peregrino pelas vias da cidade.

Muitos vêm de longe, eles levam as lembranças da boa acolhida, e, de olhar a satisfação dos católicos que transbordam alegria durante o percurso da procissão.

Deus está ali, presente em cada coração, a veneração ao São Benedito é forte e contagia. Esse ano, o andor, cada dia mais bonito e criativo, ganhou uma réplica da torre do santuário. Uma obra de arte que foi produzida de coração, e chamou à atenção por onde passou.


Mas fotos em Continua...


Enquanto a procissão faz o trajeto, no patamar, muitos já estão no aquecimento, ensaiam com a banda cada cântico com fervura e amor ao padroeiro São Benedito. O retorno ao local da missa campal, em frente à igreja, é uma festa à parte. O encerramento da parte religiosa nos leva a matar a saudade de muitos que já passaram pela então igreja de São Benedito, hoje, santuário

Dom Jacinto Brito, Arcebispo do Piauí, esse dispensa comentários. Todos os anos participar desse momento de amor, alegria e fraternidade com seus irmãos em Cristo. Dom Armando, Bispo da diocese de Bacabal, com seu carisma, já tem um lugar no coração dos pedreirenses, pelo seu jeito simples e amigo. Sempre faz questão de sorrir aos amigos.

O polivalente e competente Reitor do nosso santuário, Padre José Geraldo, anima, sorri, se manifesta, como sabe, para deixar todos felizes, acompanhado do Padre Pedro, vigário do santuário de São Benedito, outro que veio e já conquistou todos nessa grande imensidão de irmãos
 
Padre Valdenício 
É assim o encerramento do festejo de São Benedito, cada ano mais emocionante. No ano que vem, esses povo irá se encontrar mais uma vez. Que Deus nos conceda a sua graça de estarmos juntos à espera de um honroso e tradicional festejo, uma das tradições do calendário pedreirense.




Dom Armando
Dom Jacinto Brito








Do Blog do Sandro Vagner.
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário