terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Está confirmado protesto contra municipalização do Hospital Geral de Peritoró no dia 14


  

Está confirmado o protesto contra a municipalização do Hospital Geral de Peritoró (HGP), na manhã do próximo sábado, dia 14. Servidores e a população de Peritoró, moradores de outros municípios da região, estarão com faixas, cartazes, carro de som, protestando para deixar bem claro que não aceitam o projeto de entregar o hospital nas mãos da administração do prefeito Padre Jozias.

Depois das polêmicas, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, deu para trás, através de uma nota não ambígua, disse que a história era mentira, chamou de boato de adversários, afirmou que o governo não pretende municipalizar o HGP, etc... mas... que tudo será feito depois de rigorosa avaliação e discussão com a população.

O povo da região, que incluem as pessoas humildes que necessitam da unidade em pleno funcionamento, a classe política, os servidores, a maioria esmagadora do povo de Peritoró, não quer nem saber de discutir essa proposta descabida; eles não abrem mão do HGP administrado pelo Estado e vão às ruas para deixar isso bem claro.


Portanto, o governo do Estado vai enfrentar mais um grande protesto no dia 14, em frente ao Hospital Geral de Peritoró. Tome mais protesto e tome mais desgaste!


6 comentários:


  1. A municipalização não pode ocorrer. vê se vc governador cai na real o município não tem como manter as despesas desse hospital, infelizmente serão muitas vidas perdias, muitas sequelas e muita desprezo para com o povo Maranhense que depende desse hospital geral, pense bem. porque se fosse vc que precisasse para atender um filho seu um irmão um pai ou uma mãe sua, talvez vc teria outra atitude,e erros administrativos são cometidos mas que te colocou ai foi o povo e povo pode te tirar são muitos maranhenses que precisam de saude de qualidade.até então com o hospital funcionando da forma como ta muitas vidas estão sendo salvas. pense bem. o povo bota e o povo tira. em Depois das críticas de Maura Jorge e dos apelos do deputado Fábio Macêdo SES volta atrás e nega municipalização do HGP

    ResponderExcluir
  2. O governo comunista quer se livrar das despesas do hospital.
    Muitas vidas em risco e muitos óbitos pela frente.
    Triste realidade do Maranhão.

    ResponderExcluir
  3. esse governador q só faz besteira não pode municipalizar o H G P sendo q o mesmo e uma conguista da região deixada pelo governo de Roseana peço q os organizadores diga o horário previsto do protesto.

    ResponderExcluir
  4. vamos tirar esse governador do poder a vez dele esta chegando ele não pensa nos mais pobres sendo q ele usa ate avião para buscar filho dele em festa pago com dinheiro publico

    ResponderExcluir
  5. Não à municipalização do hospital.
    HGP é do povo.

    ResponderExcluir
  6. Esse inútil pode aproveitar seus últimos tempos de governo porque ele não vai ser eleito nem para síndico de prédio mais.Só tá fazendo cagada!

    ResponderExcluir