quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Confusão – Mulher acusada de aplicar golpes é reconhecida por uma vítima em Pedreiras


Hoje, dia 1º, aconteceu mais uma confusão envolvendo mais uma conhecida mulher da  Região da Baixada em Trizidela do Vale (MA).

Segundo informações, a mulher identificada pelo apelido de “Teimosa”, estaria usando o filho, uma criança de colo, para pedir água nas residências. Ela chega nas casas e diz que a criança está com sede; no  momento que o morador vai pegar a água ela aproveita para furta objetos da casa.

Uma moradora da Baixada, vítima do golpe, reconheceu Teimosa hoje, supostamente, aplicando os mesmos golpes na Rua Independência, em Pedreiras. Fora de si, a senhora agarrou o braço de Teimosa para impedir que ela fugisse, enquanto gritava pela polícia. Uma confusão se formou no local.
                        
Segundo a moradora, Teimosa furtou um aparelho celular da marca Iphone na semana passada do interior de sua residência. Ela chegou a registrar um B.O. na delegacia.

“Foi tu, minha irmã, foi tu que roubou o meu Iphone na semana passada! Pensa que eu não te reconheço. Lá na minha rua tu roubou foi um monte de gente”, dizia a vítima.

Confira no vídeo. 


Apesar dos apelos, Teimosa não ficou presa; ela foi vista, agora a pouco, passeando pela Baixada com o filhinho. Ela alega ser usuária de drogas e tem várias passagens pela polícia, porém, continua teimando...

Com informações 
de R. F.

3 comentários:

  1. Gente ela não tem apelidos o nome dela é Eunice

    ResponderExcluir
  2. Não dá para entender, se vc pessoa de bem, chegar a da uma palmada no seu filho, logo aperesce alguem protetor de criança e tome pau pra cima dos pais, é capaz de te tirarem ate a criança, porquer eles não agem neste caso? não dá pra entender a justiça

    ResponderExcluir
  3. Essa jovem precisa de ajuda, é dependente química.
    Conselho tutelar, assistência social. Gestores municipais e estaduais. Cadê vocês ?? Não deixe tudo na mão da Polícia. Cadê os programas sociais? Igrejas vamos sair de dentro dos templos e vamos pregar o evangelho essas pessoas.

    ResponderExcluir