quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017
João Henrique
A mãe de João Henrique Araújo Lima, 22 anos, que foi alvejado com um disparo de arma de fogo em Pedreiras, na tarde da última segunda-feira, conversou com imprensa de Pedreiras, nesta quarta-feira, dia 22, e deu detalhes do estado de saúde do filho. De acordo com a mãe, o filho corre risco de perder a visão do olho direito e apresenta problema para movimentar a parte do corpo atingido pelo disparo.

“Graças a Deus, o meu filho está melhor hoje, em comparação com o estado que eu o vi, na segunda-feira. Eu pensei que ele não iria escapar com vida; mas ele pode perder a visão do olho direito dele; ele não está enxergando nesse olho; o médico disse que pode ser reversível ou Irreversível. Ele também não tá mexendo muito com o lado que ele foi baleado, porque só de chumbo, a gente conta 14 marcas e o médico disse que tem sete dentro dele e não pode fazer a cirurgia, porque se fizer o problema pode ficar pior”, relatou a mãe.
Local no Bairro Maria Rita onde aconteceu a tentativa de assalto 

A mãe disse que conversou com o filho e deu detalhes da tentativa de assalto.

“Ele só lembra que estava lá, parado, com o colega dele, quando apareceram os dois; ele viu logo as armas, os dois estavam armados; aí ele disse para o colega: ‘vamos sair daqui, porque eu acho que aqueles dois vão querer nos assaltar.’ Ele deu a partida na moto e foi ai que um deles atirou no meu filho”, disse a mãe.

Entenda mais

No final da tarde da última segunda-feira, 20/02, na parte alta do Bairro Maria Rita, onde o terreno está sendo preparado para construção de moradias, dois amigos apreciavam a vista do local, quando perceberam a aproximação de dois homens armados. João Henrique Araújo Lima, 22 anos, morador da Rua Eurico Ribeiro, Centro de Pedreiras, assustado, subiu na moto como seu amigo, para fugir do assalto, no entanto um dos meliantes efetuou o disparo de garrucha, arma de fogo de fabricação caseira, que atingiu o jovem.

João Henrique, foi socorrido e levado ao Hospital Geral de Pedreiras. Segundo os médicos de plantão, o rapaz foi atingido no ombro, braço, boca, pescoço e tórax - foram aproximadamente 14 perfurações.

João Henrique  foi encaminhado ao Hospital Geral de Peritoró onde permanece até hoje,

Até a presente data, nenhum dos envolvidos na tentativa de assassinato foi preso. 
Mais fotos em continua...




0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Visualizações deste blog desde março de 2012

Festival de Sanfona do Lucindo


Em Pedreiras e Trizidela do Vale


,

Matricule-se no Faculdade W. F.



+ Lidas