segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

O trânsito violento de Pedreiras matou um adolescente de 17 anos no final de semana


O adolescente Vitor Emanuel de Sousa, 17 anos, morreu após sofrer queda de motocicleta, por volta das 19h30 do último sábado (18), em frente ao Palácio Municipal (antiga Prefeitura) de Pedreiras (MA). Vitor chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiro; foi levado ao hospital local e recebeu os primeiros socorros; em decorrência do estado grave foi encaminhado para o Hospital Geral de Peritoró, mas infelizmente, morreu no começo da madrugada de ontem.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima que conduzia uma moto, caiu depois de sofrer uma colisão com outra motocicleta. O jovem foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros para uma unidade saúde do hospital. 

O pai ainda chegou ao local e prestou socorro ao filho. O adolescente morava na Rua da Mangueira, Campo da Boiada, nas imediações da Beira Rio.  

Tribuna da FM Cidade – Ribinha

10 comentários:

  1. Muito triste,mas foi ele causou a propia morte, do jeito q ele vinha muito rapido nao respeitando o sinal só poderia dá nisso...

    ResponderExcluir
  2. Um adolescente pilotando moto. Depois acham que as autoridades de trânsito estão fazendo algo ruim

    ResponderExcluir
  3. Aí depois falam pra não ter Blitiz pra por ordem no caos pq ontem foi um dia da queles. ... só acho .

    ResponderExcluir
  4. Agora eu pergunto... Qual é a cidade que não tem trânsito agitado? Será se foi trânsito violênto ou foi imprudência dele?

    ResponderExcluir
  5. E o povo reclamando das blitz no acidente um era menor de idade e o outro era moto táxi pirata

    ResponderExcluir
  6. E.e.pq a polícia estadual tava em.Pedreiras

    ResponderExcluir
  7. Fico mim perguntando o q leva os pais dar o moto pro um filho de ninor ?

    ResponderExcluir
  8. Não importa se era de menor ou não ,o que importa é que toda família estamos sofrendo muito.

    ResponderExcluir
  9. Mim pergunto quem nunca andou de moto quando de de menor as pessoas são muito e otários não sabem respeita os sofrimento dos poderia acontece com qual que cujo não importa a idade

    ResponderExcluir