segunda-feira, 10 de abril de 2017

Polícia de Pedreiras prende trio de assaltantes que deixou a vítima sem roupas para agredi-la nas partes íntimas

No último sábado (8), por volta das 20h30, três elementos, incluindo dois adolescentes, assaltaram um cidadão na saída de Trizidela do Vale, sentido Bernardo do Mearim.

Segundo informações da vítima, o trio estava armado com faca e uma garrucha (arma de fogo feita artesanalmente), e foram muito truculentos. Além de roubar a moto e um aparelho celular, espancaram a vítima, que ficou com o rosto desfigurado com hematomas e um corte na cabeça. A vítima ainda foi obrigado a fica despido e sofreu vários chutes nas partes íntimas. O mesmo acreditavam que eles iriam executá-lo,  mas aproveitando um momento de distração dos assaltantes conseguiu fugir, saiu pulando várias cercas, sem roupas, até chegar na cidade de Trizidela do Vale, onde pediu ajuda da população.

Após tomar conhecimento do assalto o Tenente Neris, comandante do 2º Pelotão da 1ª Companhia do Batalhão da PM de Trizidela do Vale, ficou sabendo que um dos meliantes era conhecido como Alan, morador do bairro Aeroporto, que foi preso hoje (9) em casa. No momento da abordagem ele negou autoria do crime, mas foi reconhecido pela vítima e, logo tratou de identificar os dois comparsas, que são menores.
Continua...



Segundo o Tenente Neris, o trio falou que a moto e o celular foram vendidos. O caso ficará agora aos cuidados do Delegado de Trizidela do Vale, que irá continuar com as investigações e recuperar a moto e o celular tomados de assaltos pelos elementos.

Participaram dessa ação que respondeu rápido aos anseios da população o Tenente Neris, Cabo Penha, Cabo Araújo, Soldado Herbert, Soldado André, Soldado Lins e Soldado Araújo.

Parabéns a GU da PM que fez um trabalho à altura, e tirou de circulação mais uma pequena quadrilha que pode ter participado de outros delitos.


10 comentários:

  1. Mais uma vez neste crime, dois menores envolvidos,aí fica a pergunta?
    O que vai acontecer com eles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como sempre, nada!

      Excluir
    2. Tenho uma sugestão: como já foram identificados, a vítima juntamente de algumas outras pessoas arama uma tocaia. Na hora que eles forem liberados, espera apenas se distanciar um pouca dá delegacia e arrocha a porrada durante uns 20 minutos. Primeiro um, depois o outro

      Excluir
  2. Eles tinha que apanhar do mesmo jeito pa eles aprender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não só apanhar, tinha era que ser executado mesmo

      Excluir
  3. Essa lei pra menores de idade é do tempo em que se amarrava cachorro com linguiça e lamparina dava choque.

    ResponderExcluir
  4. O Alan é um Zé Ruela que ser maluco mais é Corró. Tem uma galera esperando ele dentro do presídio. Esse talarico safado. X9.

    ResponderExcluir
  5. Mostraaa Rostoo Não qiere roubar ? Brasil País Sem Lei?

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Tenente Nerys o Senhor é O nosso Capitão Nascimento.

    ResponderExcluir