terça-feira, 2 de maio de 2017
A recente onda do sombrio jogo da ‘Baleia Azul’ que tem induzido jovens do Brasil e de várias partes do mundo ao suicídio e que tem preocupado bastante a sociedade, traz à tona discussões em torno de temas como a saúde mental juvenil, educação familiar e a importância da qualidade de relacionamento interpessoal e interação social. O jogo tem início em ambiente virtual onde um integrante chamado “curador” ou moderador seleciona os participantes que são denominados de Baleia Azul e a partir de então começa a distribuir uma série de 50 desafios a serem cumpridos nas madrugadas de maneira sigilosa, que vão desde a automutilação, exposição contínua a imagens de medo e violência por meio de vídeos e filmes de terror, até o desafio final que é o suicídio.

Nesse âmbito, a deputada estadual do Maranhão, Ana do Gás (PCdoB), deu entrada em um Requerimento no último dia 25 de abril na Assembleia Legislativa para que seja encaminhado em caráter de urgência a Câmara de Deputados em Brasília o pedido de votação com maior brevidade possível do Projeto de Lei nº 6986/2017 que solicita a alteração do Marco Civil da Internet (Lei 12.965 de abril de 2014) no intuito de que se inclua no texto original “procedimento para retirada de conteúdos que induzam, instiguem ou auxiliem o suicídio através de aplicações na internet”.

O requerimento nº 277/2017, da deputada Ana do Gás, pede celeridade na votação deste projeto tendo em vista que se trata de um jogo viral e, com isso, tem atraído cada dia mais jovens no Brasil e no restante do mundo para uma grande cilada onde são incentivados a se maltratarem e tirarem as próprias vidas. Induzir, instigar ou auxiliar alguém a cometer suicídio é crime previsto no artigo 122 da Lei 2848/40 com pena que varia entre dois a seis anos de prisão. A deputada comenta a decisão de enviar o requerimento:
Continua...

“Este jogo se enquadra no que chamamos de crime cibernético ou crime virtual. O advento da internet possibilita uma conectividade em tempo real proporcionando interatividade com pessoas do mundo inteiro, que, por um lado é totalmente positivo, mas por outro, aumenta os riscos e ameaças para as pessoas que, no caso específico desse jogo, provavelmente estão emocionalmente fragilizadas. Com isso, é necessário pensar em formas de combate a esse tipo de prática criminosa que se aproveita da fragilidade emocional dos jovens para incentivá-los a se torturarem e tirarem a vida. Já tivemos relatos de casos no Maranhão que possivelmente tem ligação com o jogo ‘Baleia Azul’ que se somam aos números crescentes no Brasil e no mundo afora. Sabemos bem que é preciso trabalhar com a população em cima de políticas de prevenção de doenças de origem emocional para que estejam preparadas para não caírem nessas armadilhas virtuais, porém, no ponto que chegamos, o momento exige ações urgentes de combate à prática. Espero realmente que o projeto seja de fato votado logo para que possamos diminuir os índices de incentivo ao suicídio pela internet que, infelizmente, só tem aumentado. Estou junto nessa luta!”, exclamou Ana do Gás.

O Projeto de Lei nº 6986/2017 tramita na Câmara dos Deputados desde fevereiro deste ano e é de autoria do Deputado Federal Odorico Monteiro do PROS/CE. Atualmente o projeto encontra-se aguardando parecer da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, cujo o Relator designado é o Deputado maranhense Júnior Marreca (PEN).

Assessoria Parlamentar.

6 comentários:

  1. POhhhaaa!!! Tanta coisa importante e essa deputada do gás vem com esse projeto bizarro de combater o jogo da Baleia Auzul? Tá mais pra "balela azul".

    ResponderExcluir
  2. Opaaa!!! Vamos ler e interpretar direitinho! A deputada não "veio com esse projeto", mas sim o deputado federal Odorico Monteiro. A deputada Ana do gás solicitou urgência na votação para que seja logo aprovado. Uma atitude muito louvável para tentar inibir pessoas dementes, doentes e psicopatas de invadirem silenciosamente nossas casas e encherem a cabeça dos jovens de ideias maléficas. Parabéns, deputada por se sensibilizar com esta causa que é preocupante. A maioria desses jovens da baleia azul sofrem de depressão e isso É UMA DOENÇA GRAVÍSSIMA que merece atenção dos legisladores sim! Parabéns, Ana do Gás.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esss Ana do gás e esse deputado só querem aparecer o departamento de crimes cibernéticos da PF já está cuidando disso. A polícia civil também. Portanto só balela pra eleitor analfabeto

      Excluir
    2. Não vejo balela no que eles dizem, mas sim algo importante. Mas vejo balela em outro lugar.

      Excluir
  3. Ana sem gás aproveita e joga esse jogo, vc vai ganhar.

    ResponderExcluir
  4. A doença gravíssima chama se Flávio Dino. Esse sim é a baleia azul.

    ResponderExcluir

Quarta e quinta em Bernardo


Nesta sexta-feira, 28


Facebook

Visualizações deste blog desde março de 2012

Dia 29 em Esperantinópolis


Bruno e Marrone em Lago da Pedra


Publicidade:


,

Matricule-se no Faculdade W. F.



+ Lidas