sexta-feira, 5 de maio de 2017
"Tafarel" e "Percebes" foram condenados a mais de 12 anos de prisão  
O juiz Bernardo do Melo Freire, titular da Comarca de Poção de Pedras (MA), condenou os réus Rariel Rodrigues Ferreira da Silva, 21 anos, mais conhecido pelo apelido de “Percebe” e  Rafael dos Santos Claro, 23 anos, conhecido como “Tafarel”, pelo crime de estupro contra uma moradora de Poção de Pedras. O crime aconteceu no final de janeiro deste ano e a condenação saiu em 27 de abril.

Rafael e Rariel foram condenados a mais de 12 anos de prisão em regime fechado. A pena foi agravada pelos crimes de roubo e corrupção de menores. Eram três envolvidos no crime e um deles era menor de idade. O mesmo encontra-se internado em uma instituição que trata menores infratores.

Durante o julgamento, Rariel alegou que não participou do ato, no entanto, o juiz entendeu que ele participou do estupro, ao testemunhar a violência, enquanto furtava objetos de valor da vítima. Os dois condenados podem recorrer da decisão, mas em regime fechado.

Trecho da decisão 





12 comentários:

  1. Bem feito para essas almas sebosas. Se vacilar vai virar "putinha" no presídio.

    ResponderExcluir
  2. Bem feito fela dá puta.vao virar agora rapariga do presídio.

    ResponderExcluir
  3. No presídio cuidados lá não é assim não quem vai vira rapaRiga e a mulher de vcs quando menos espera eles estão soltos cuidado com que vcs fala eles vão sabem tudo o que acontece aqui ele sabem só uma dica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse pessoa ai que ta defendendo esse pisicopata concretiza dever ser parente desse mostro tinha que ser presao não tinha que mata logo

      Excluir
    2. Esse ou essa fulana aí deve ter a alma cebosa igual eles
      São uns comédia tem mais é que vira Quenga mesmo na cadeia
      Conheço esses comédias só aí mesmo pra vivo queria ver aki já tinha ido pro saco kkkkk
      Aprodeça tafarel...quem diria em Deus nunca falha apenas age no momento certo!

      Excluir
  4. Ainda foi mínima a pena, pq p vítima e pra família da mesma , o trauma vai acompanhar_las p resto da vida.

    ResponderExcluir
  5. Pelo menos agora está se vendo o resultado das coisas pela via judicial estávamos precisando de um juiz atuante. Parabéns a toda equipe magistrado e servidores pelos excelentes resultados, agora sim estamos vendo resultados. Antes pra se receber um simples alvará era um Deus nos acusa.

    ResponderExcluir
  6. Acharam bom estuprar agora vão virar mulher no presídio basta só os presos saberem que são estupradores

    ResponderExcluir
  7. Muito bem esse vagabundo pecebe roubou meu pai bateu nele ele com 77 anos valeu justiça feita.

    ResponderExcluir
  8. A justiça foi feita mais foi pouca só 12 anos

    ResponderExcluir
  9. Firma a bunda que lá vai pau.

    ResponderExcluir

Facebook

Visualizações deste blog desde março de 2012

Bruno e Marrone em Lago da Pedra


Publicidade:


,

+ Lidas