sábado, 6 de maio de 2017
A morte de um jovem durante uma operação policial realizada na tarde da ultima quarta-feira (4) na cidade de Lagoa Grande (MA) deixou moradores revoltados. Em princípio, internautas estão expondo as reclamações em grupos da rede sociais, mas não descartam levar um protesto para as ruas da cidade. 

A operação policial que resultou na morte de Adailton, atingido por uma bala efetuada por um policial, foi para localizar um acusado de tentativa de homicídio conhecido pelo nome de “Fabinho”. (reveja a ocorrência)A população espera que um inquérito seja instaurado para apurar as circunstâncias da morte do jovem.

Segundo informações, uma perícia foi feita no corpo antes de ser liberado aos familiares para o sepultamento. A operação da polícia militar da Lagoa Grande foi realizada em conjunto com a polícia civil; não temos confirmação do nome do policial que efetuou o disparo que ceifou a vida de Adailton.

Ainda segundo informações, a vítima era usuário de drogas. O que se comenta é que ele estava na hora errada e no lugar errado e teria sido alvejado por engano. O inquérito policial, devidamente acompanhado pelo Ministério Público, vai esclarecer as dúvidas.

Acompanhe comentários e informações que o blog do Carlinhos teve acessos nas redes sociais de Lagoa Grande que mostram a revolta da população em relação a morte de Adailton.

“Rapaz, fico besta e decepcionado com as ditas almas caridosas de Lagoa Grande do Maranhão, aonde um Jovem foi morto em uma operação policial, mal sucedida, e ninguém diz é nem comenta nada! Seria o motivo, porque o dito jovem era usuário de drogas (onde o mesmo só fazia mal a si próprio), ou será se porque era pobre ( como 97% da população desta amordaçada comunidade), triste e ao mesmo tempo acordando (todos estão suscetíveis, a fatalidade), usando as palavras de Jesus Cristo, "Quem dentre vos, que não tem pecado que atire a primeira pedra". Quem se habilita?” – Escreveu uma pessoa da Lagoa Grande.
Continua...

“Acho que não saiu comentários, porque o cara era de família de baixo nível, agora se fosse filho de outra pessoa tava maio bafafá; meus pêsames a família e amigos”, lamentou um morador de Lagoa Grande.

“Pelo que ando ouvindo, a população não está satisfeita com a atividade da PC  relação ao ocorrido ontem.”

“Amigo, muita gente prefere o silêncio;  acho até que a família da vítima não vai nem registrar um boletim contra à PC, muitos tem medo de algum tipo de represália. Outra coisa  que ficou estranho foi  que na hora que levaram a vítima pro hospital "ninguém" podia entrar; falaram que a vítima estava em cirurgia, que não corria risco de morte. Sendo que uma pessoa me disse que o mesmo no local do ocorrido (na casa), onde a vítima foi baleada, a mesma já estava mole e gelada. Creio que a vítima já estava morta antes de ir pro hospital”, comentou.

Um morador relatou uma versão para a ocorrência policial

“O Marçal foi ferido a faca pelo Fabinho; Marçal  foi levado pro hospital. A polícia foi acionada, foram atrás do Fabinho. A primeira tentativa de pegar o Fabinho não deu certo, não estava na casa. A polícia deu uma volta, quando os dois chegaram em casa, a policia bateu rente. Aí aconteceu o tiro. O Dailton pode ter feito algum movimento brusco, porque a casa é muito escura.  Assim me passaram a notícia.  Foi um policial da civil o autor do disparo. Acho que o Fabinho deu a faca pro Adailton esconder, foi na hora que a civil invadiu a residência e disparou; foi rápida a ação. Por que o policial não atirou nas pernas, não sabiam que a confusão era com arma branca? Fica muitas perguntas no ar.”

Em defesa dos policiais que participaram da ação, um leitor do blog fez o seguinte comentário:

“Bando de imbecil vão estudar pra vcs poderem falar mal da polícia.. O cara veio pra cima da guarnição. Quer dizer que ele poderia ter matado um policial, mas não podia morrer? Por isso que esse Brasil não vai pra frente, por que só tem um bando de advogados pra bandidos”, reclamou.

Direto de Resposta

O blog não encontrou nenhum policial para falar sobre a ocorrência; mas caso a Polícia Civil ou a Polícia Militar desejem emitir uma nota de esclarecimento ou direito de resposta, enviei para o email do blog: pf.carlosalberto@hotmail.com que será publicado na íntegra.  

14 comentários:

  1. Não é só a polícia di lagoa grande,eu joselandia tá pior,eles pra fazer ronda fica aum ilhado i ameacando comerciantes por dinheiro,tá a prosa carlinhos na frente da delegacia um celta placa de Palmas,foi apreendido por eles,o carro tá todo depenado sem pneus, vidros,faróis tão sucatiando o carro todo vendendo peças,carros de som vira a madrugada,mandão parar por cara,carlinhos faça uma matéria do carro na frente da delegacia pra todo mundo ver.

    ResponderExcluir
  2. Os fatos tem que ser apurado, pois se fala que a vítima foi para cima do policial com a faça na mão, se o policial tivesse levado a facada? Esses comentários mal analisados é de pessoas imbecis. E outra, depois que a polícia chegou aí a cidade tem lei e funciona.

    ResponderExcluir
  3. “Bando de imbecil vão estudar pra vcs poderem falar mal da polícia.. O cara veio pra cima da guarnição. Quer dizer que ele poderia ter matado um policial, mas não podia morrer? Por isso que esse Brasil não vai pra frente, por que só tem um bando de advogados pra bandidos”. O PIOR BANDIDO É AQUELE QUE SE TRAVESTE DE AUTORIDADE PARA EXECUTAR SEU EXTINTO ASSASSINO, Lagoa Grande do Maranhão como em todos os lugares do mundo existem bandidos, mais a policia despreparada fazer o que fez paciência. Essa família é pobre Financeiramente como de informação. A CORREGEDORIA DA POLICIA, adoraria investigar essa mal sucedida operação policial. tiros são dados de advertência, para imobilizar a vitima e em ultimo caso o tiro e dado fatalmente. ESTUDE AS LEIS, AI VENHA DEBATER!!!

    ResponderExcluir
  4. Palavras do Delegado da Policia Civil, o Bacharel em Direito Rodson Almeida disse que o “Policial agiu como foi treinado, e efetuou um disparo em legitima defesa contra Adailson.” Agora no Estado do Maranhão estão treinando os agentes da Lei para Proteger ou Executar?
    “O Policial de imediato socorreu a vitima até o hospital da cidade, mais, infelizmente, Adailson faleceu.” Um tiro de Pistola Ponto40, no Pescoço, não há o que socorrer Doutor. Mesmo que fosse dentro de um Centro Cirúrgico, as chances são inexistentes!
    “Rodson Almeida afirma que na situação em que o fato ocorreu, a única possibilidade do Policial foi agir em legitima defesa disparando um tiro para conter a situação.” Contem-se uma agressão atirando para o alto, nas pernas, nos braços...etc, mais em órgãos vitais! Isso não é contenção. Isso é execução.

    ResponderExcluir
  5. Palavras do Delegado da Policia Civil, o Bacharel em Direito Rodson Almeida disse que o “Policial agiu como foi treinado, e efetuou um disparo em legitima defesa contra Adailson.” Agora no Estado do Maranhão estão treinando os agentes da Lei para Proteger ou Executar?
    “O Policial de imediato socorreu a vitima até o hospital da cidade, mais, infelizmente, Adailson faleceu.” Um tiro de Pistola Ponto40, no Pescoço, não há o que socorrer Doutor. Mesmo que fosse dentro de um Centro Cirúrgico, as chances são inexistentes!
    “Rodson Almeida afirma que na situação em que o fato ocorreu, a única possibilidade do Policial foi agir em legitima defesa disparando um tiro para conter a situação.” Contem-se uma agressão atirando para o alto, nas pernas, nos braços...etc, mais em órgãos vitais! Isso não é contenção. Isso é execução.

    ResponderExcluir
  6. Cadê o exprei de pimenta,uma faca adistancia não perfura ninguém, si fósse arma de fogo,era outra coisa...

    ResponderExcluir
  7. O Policial está correto. Vai estar lá no lugar dele p ver se vcs atiraram para cima, para baixo. Quem ia ser alvo de execução era o policial.

    ResponderExcluir
  8. Pra isso que maior parte da polícia serve que é pra prender, bater e matar pobre e preto bandidinhos. Com os bandidos poderosos e ricos eles protegem. Covardes.

    ResponderExcluir
  9. O ministério público é o fiscal da lei em defesa da sociedade. Façam a denuncia no Ministério Público, o promotor vai ouvi-los, registrem BO, testemunhas são fundamentais para elucidação de crimes, tudo vai ser apurado, se a conduta do agente foi excessiva vai ser punido. Servidores do Estado são regidos por lei por estatuto. Ninguém está acima da lei. Se for preciso a justiça manda ezumar o corpo para perícia forense. Mas tudo isso só será possível se houver denuncia. A comunidade não pode se calar. Não tenho medo. Caso comprovado o excesso o Estado vai indenizar a família e o culpado punido. Procure logo o Ministério Público é faça a denuncia.

    ResponderExcluir
  10. Corvus oculum corvi non eruit

    ResponderExcluir
  11. O policial antes de ingressar no cargo ele passa pela academia de polícia, passa por todo um treinamento, por várias situações que vai se deparar no dia a dia. Diante deste caso deveria-se imobilizar o indivíduo,já que segundo o que falam ele estava com uma faca. No extremo, dava-se tiro de advertência para o alto, e por último tiro em local não vital no caso na perna para deter o indivíduo. Mas um tiro fatal disparado por um profissional que foi treinado para defender a sociedade é no mínimo estranho. Cabe ao Ministério Público solicitar uma investigação rigorosa e que seja punido, quem agiu com negligência, imperícia ou imprudência. Que a justiça seja feita. Denuncie, você familiar da vítima, faça a denuncia o quanto antes no Ministério Público.

    ResponderExcluir
  12. E nessa hora que eu grito pedindo socorro volta drjorge no seu tempo aqui tinha lei tinha ordem mais policia nao andava matando ninguem agora depois que esse prefeitinho entrou as coisas tao muito ruim aqui tenho pena da gente porque como o delegsdo falou aqui quis quase dizer que a orfem aqui e pra matar meu deus que saudade da nossa lagoa grande de antes tranquila e sem mortes causadas por bandidos de fardas

    ResponderExcluir
  13. Lembre-se, ninguém está acima da lei, o Ministério Público é o fiscal da lei. Agora se não denunciar fica por isso mesmo, a justiça vai agir mas se for provocada, se forem atrás de seus direitos. Ficar só se lamentando não vai resolver.

    ResponderExcluir
  14. Primeiro o cidadão que foi morto já tinha passagem, era usuário de drogas, foi para cima do policial com uma faca na mão, Lagoa Grande é terra de gente trabalhadora e honesta, e vcs querem julgar o policial que correu risco de ser alvejado com uma facada? E se o policial tivesse sido atingido com uma facada e morasse? E aí o que vcs ipocritas e mal informados fosse falar em defesa do policial? O policial agiu em legítima defesa, e agiu corretamente. Nos Estados Unidos policial mata quem reage a uma abordagem e é condecorado.

    ResponderExcluir

Facebook

Publicidade:


,

+ Lidas