segunda-feira, 22 de maio de 2017
Chamar a atenção da população para um problema sério que afeta muitas crianças e adolescentes em todo o país, que é o abuso e a exploração sexual, com esta proposta a Prefeitura através da Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social-CREAS, realizou em parceria com o Ministério Público e Conselho Tutelar, uma caminhada no dia 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, na Campanha Faça Bonito.

A caminhada que saiu da avenida Roseana Sarney, seguiu pela rua senador Vitorino Freire até a praça deputado Waldir Filho, no centro comercial da cidade. Durante o percurso foram feitas várias paradas em pontos estratégicos, onde aconteceram encenações teatrais com um grupo de adolescentes, para chamar a atenção das pessoas para este problema presente em muitas famílias.

A promotora de justiça da comarca de Lago da Pedra, Laís Pedroza, ressaltou a importância da campanha e do engajamento dos poderes públicos para combater a violência e o abuso sexual contra crianças e adolescentes.

Continua...

“O nosso trabalho é em conjunto e a gente aproveitou esse dia para fazer esse evento para mostrar para a sociedade que nós estamos engajados nessa luta. A pessoa pode procurar o ministério público, conselho tutelar ou a secretaria de assistência social para fazer a sua denúncia ou ligar para o disque 100 também é importante, que isso vai chegar até nós e nós todos juntos vamos tentar ajudar essas crianças que são vítimas abuso sexual”, disse a representante do ministério público.

As equipes da Secretaria de Assistência Social distribuíram panfletos com informações e os números do disque denúncia. Em faixas e camisetas frases de apoio à campanha. A secretária municipal de Assistência Social, Ana Carolina Arruda, falou que a Campanha Faça Bonito, destacou a importância da campanha Faça Bonito, de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

“A ideia é chamar a atenção da sociedade, porque este problema é uma realidade nossa, não é coisa apenas de novela, de filme, é algo que acontece, então que as pessoas possam está conhecendo os órgãos e podem está procurando para denunciar, para se informar para que a gente possa evitar situações de exploração sexual de crianças e adolescentes”, destacou a secretária.

Nas ruas muita gente parou para ver a mensagem repassada pela campanha, como a dona de cada Andréia Duarte, que achou importante o que viu. “É muito importante porque hoje em dia está acontecendo muita violência contra as crianças e é bom que as pessoas reflitam, denunciem algum que já ajuda bastante”, disse ela.

Ascom Lago da Pedra.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Visualizações deste blog desde março de 2012

Em Pedreiras e Trizidela do Vale


,

Matricule-se no Faculdade W. F.



+ Lidas