sexta-feira, 30 de junho de 2017

Deputado Júnior Verde e prefeito Antônio França vistoriam obra do Centro Comercial Popular em Pedreiras

Júnior Verde e Antônio França visita a obra do Centro Comercial no Beco do Paraíba 
O deputado estadual Júnior Verde (PRB) foi recebido pelo prefeito de Pedreiras Antônio França nesta sexta-feira (30), ocasião em que esteve vistoriando a obra de construção do Centro Comercial Popular no “Beco do Paraíba”.  

O deputado chegou a Pedreiras ainda na quinta-feira (29) para participar da Procissão Marítima de São Pedro e, hoje bem cedo, ele também foi recebido pelo ex-prefeito de Pedreiras Totonho Chicote em sua casa, no bairro Maria Rita.
Vídeo entrevista com Júnior Verde e Antônio França 

O novo Centro Comercial proporcionará vendas de produtos artesanais, eletrônicos, vestuários, etc; contará com cobertura em tenso e estrutura com quiosques; vem de uma parceria da Prefeitura de Pedreiras com o Ministério do Turismo, através de um projeto do deputado federal Cleber Verde (PRB), irmão de Júnior Verde.

No local da obra, o prefeito Antônio França  falou sobre a importância do novo Centro Comercial que está sendo executada em seu governo.

“Esta obra vem de uma emenda do deputado Cleber Verde; nós recebemos, demos início e estamos trabalhando. Hoje estamos felizes em receber o deputado estadual Júnior Verde, irmão deputado federal Cleber Verde; ele poderá ver que temos compromisso com todas obras que são encaminhadas para Pedreiras; e que nós temos interesse de concluir essa obra o mais rápido possível; a obra tem importância para a cidade, vai facilitar o acesso, as compras dos clientes e esse trabalho mostra que estamos disposto para investir na cidade, em especial no importante setor  comercial”, disse.
Futuro Centro Comercial Popular de Pedreiras - Quiosques padronizados
França também exaltou a importância das parcerias entre o município e os deputados.

“Eu agradeço o apoio e a parceria do deputado federal Cleber Verde, do deputado estadual Junior Verde e afirmo que Pedreiras está de braços abertos para essas parcerias; nós precisamos dessas parcerias para que nossa cidade se desenvolva; e esse é o papel do deputado: ajudar os municípios; Cleber Verde e Júnior Verde foram votados em Pedreiras e eles estão retribuindo a confiança do povo que depositou esses para eles”, pontuou o prefeito.
Mais em continua...


O prefeito finalizou oferecendo mais detalhes sobre a obra do Centro Comercial Popular no “Beco do Paraíba”.

“Aqui era uma rua, também é conhecida como “Beco do Paraíba”; com o tempo, as pessoas foram ocupando e hoje, nós entendemos que esse local já não é mais uma rua; pertence a eles, porque eles têm direitos, conquistaram ao longo dos anos; e o que nós estamos fazendo hoje, com esse projeto, também é legalizar essa situação desses comerciantes. Essa obra vai legalizar cerca de 80 famílias que trabalham aqui; os quiosques já têm donos; eles têm uma associação que os representam e acompanha cada passo dessa obra”, explicou o prefeito.

 O deputado Junior Verde parabenizou o prefeito Antônio França pela execução da obra do Centro Comercial, lembrou que o ex-prefeito Totonho Chicote teve sua contribuição e por fim se colocou a disposição do povo de Pedreiras.

“O prefeito Pedreira está dando provimento à iniciativa de 2013 do deputado federal Cleber Verde; infelizmente, em decorrência de questões políticas, a obra atrasou; mas graças a Deus, o prefeito tomou conta dessa iniciativa e agora tem dado prosseguimento; e não tenho dúvida que Pedreiras e a região vão ganhar um grande Centro Comercial, urbanizado, adequado para receber o turista e as pessoas que procuram o Centro Comercial; também vai melhorar o atendimento dos comerciantes locais, vai gerar emprego, renda, em fim, vai gerar oportunidades. Temos que parabenizar o prefeito por iniciar essa obra, também reconhecer o ex-prefeito Totonho Chicote que foi atrás desses recursos, junto ao governo federal, através deputado federal Cleber; e como o prefeito mesmo frisou: essa parceria é fundamental e nós precisamos de políticos que saiam em defesa sociedade; eu me coloco à disposição do Prefeito Antônio França, ele sabe que nós estamos a sua disposição; o deputado Cleber Verde está atento para essa construção, para os recursos continuem saindo até a sua conclusão para que essa obra beneficie Pedreiras e a região”, disse o deputado.

O projeto tem um orçamento final de quase 1,3 milhão de reais (1.298.607,20).  Serão construídos 75 quiosques padronizados que substituirão as barracas improvisadas, melhorando o aspecto urbano e dando melhores condições de trabalho aos vendedores.








O deputado Júnior Verde e o prefeito Antônio França tomaram café na casa do ex-prefeito Totonho Chicote 

17 comentários:

  1. Ta perto das eleições, aí já tá aparecendo essas celebridades, kkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk
      Verdade.
      80 famílias = quantos votos? Muitos.

      Excluir
  2. Três monte de merda!!!

    ResponderExcluir
  3. Antonio França, oposição de H..

    ResponderExcluir
  4. O povo tá de olhos bem abertos.
    Esse é prefeito de um só mandato.

    ResponderExcluir
  5. Dinheiro desviado dos artesãos, projeto federal ,ministério do turismo não financia adaptação de rua e nem camelodromo gnancia sim construção de obras para Cultura,é só entrar em contato com o setor técnico do ministério. Os verdadeiros donos é ós artesãos,isso so comprova a má intenção dos envolvidos nesse vergonhoso desvio.

    ResponderExcluir
  6. Já mudou de nome , e não era dos artesãs

    ResponderExcluir
  7. Isso é que é prefeito. Os outros era só arremedo.

    ResponderExcluir
  8. Final de mandato vai muita gente preso não está mas que nem no mandato do lenoilson.......

    ResponderExcluir
  9. Desvio de finalidade de verba caracteriza improbidade

    ImprimirEnviar1400

    22 de fevereiro de 2007, 15h33

    O ex-prefeito do município catarinense de Sombrio, Leopoldo Renato Alves da Silva (PMDB), foi condenado por improbidade administrativa pela 1ª Vara Federal de Criciúma. Além de perder os seus direitos políticos por três anos, Alves está proibido de contratar com o Poder Público e terá de pagar multa.

    O ex-prefeito foi condenado porque usou verbas destinadas para drenagem do canal Estiva do Rodrigues para drenagem do Rio Lage, o que foi considerado desvio de finalidade da verba federal. Cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

    De acordo com o Ministério Público Federal, o município de Sombrio obteve em 1996, durante a gestão de Aldair Kozuchovski, R$ 100 mil em convênio com o Ministério da Agricultura para obras de drenagem do canal Estiva do Rodrigues. No ano seguinte, durante a gestão de Alves da Silva, a verba foi usada para a drenagem do canal do Rio Lage.

    Para o juiz federal Daniel Raupp, houve ato de improbidade administrativa, pois a lei veda a aplicação de recursos em finalidade diferente da prevista. De acordo com o juiz, não foram respeitados os princípios da legalidade e da moralidade, “ainda que seu grau de culpabilidade não tenha sido exagerado, porquanto acabou por aplicar os recursos em benefício da população”.

    Na sentença, o juiz afirma que as verbas originárias de convênios não podem ser usadas de acordo com a opção do administrador porque estão vinculadas ao plano de trabalho aprovado pela União. Se a condenação for confirmada em instâncias superiores, a multa a ser paga é de três vezes o valor da remuneração que o ex-prefeito recebia em outubro de 1997.

    Processo 2004.72.000557-4

    ResponderExcluir
  10. Como foi o nome mesmo que foi dado Centro comercial popular meu amigo e só ler a placa isso vai da uma confusão,o prefeito deve esta bem assessorado viu! O ministério do Turismo ja mais liberaria verba para fazer camelodromo.Leia a placa e ouça o comentário do deputado na entrevista.Centro de comercialização de produtos artesanais não fala de roupa e muito menos de produtos eletrônico.

    ResponderExcluir
  11. HOJE, A PREFEITURA DE PEDREIRAS É IGUAL UM "CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO," ALGUNS CRIMINOSOS TENTANDO SER RESSOCIALIZADOS, VEJAMOS: DR ALAN,
    SECRETÁRIO DE ARTICULAÇÃO POLÍTICA, FICHA SUJA, CONDENADO POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, QUANDO ERA PRESIDENTE DA CÂMARA; CACIMBÃO, SECRETÁRIO DE INFRAESTRUTURA, FICHA SUJA, CONDENADO POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, QUANDO ERA PRESIDENTE DA CÂMARA E OTACÍLIO, ASSESSOR, FICHA SUJA, CONDENADO POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, QUANDO ERA PRESIDENTE DA CÂMARA. CADÊ O MINISTÉRIO PÚBLICO, O PODER JUDICIÁRIO E A CÂMARA DE VEREADORES, NÃO EXISTEM MAIS?

    ResponderExcluir
  12. SAUDADES DA DOUTORA SANDRA PONTES E DO DOUTOR DOUGLAS MARTINS...SE ELES ESTIVESSEM AQUI, ESSA ZONA NO MUNICÍPIO NÃO ESTARIA ASSIM!

    ResponderExcluir
  13. Essa aí é a maior obra do Antônio França.
    Kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  14. Como podem trabalhar tanto? Pedreiras já nem mais parece a mesma cidade. As ruas quase sem buracos.
    Kkkkkk
    Triste a situação de nossa cidade.

    ResponderExcluir