sexta-feira, 30 de junho de 2017
O juiz José Jorge Figueiredo dos Anjos Júnior, da 30ª Zona Eleitoral, cassou na quarta-feira (28), o prefeito de Mirinzal, Jadilson Coelho (PSB), e o seu vice, Derson Ribeiro (Pros).

Eles foram condenados por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2016 e tiveram os diplomas cassados e foram declarados inelegíveis por oito anos, numa ação proposta pelo grupo do ex-prefeito Amaury Almeida (PDT).

A ação é de autoria do advogado Marcos Lobo. Apesar da decisão, prefeito e vice permanecem nos cargos, porque os recursos que vão interpor nos TRE-MA têm efeito suspensivo.

Continua...

Prisão

A cassação remonta a uma prisão ocorrida na cidade no dia da eleição do ano passado. Na ocasião, Amaury foi detido por suposto crime eleitoral. Depois, divulgou-se que o motivo da prisão teria sido uma tentativa de homicídio (reveja).

O pedetista é adversário do governo e atribui esse fato a perseguição política, como forma de beneficiar o atual prefeito. Foi com esse argumento que ele conseguiu a cassação de Jadilson e de Derson Ribeiro.

Fonte: Blog do Gilberto Leda.

Um comentário:

Facebook

Visualizações deste blog desde março de 2012

Festival de Sanfona do Lucindo


Em Pedreiras e Trizidela do Vale


,

Matricule-se no Faculdade W. F.



+ Lidas