terça-feira, 11 de julho de 2017

Secretários de Educação decidem por "Paralisação Geral no Estado"

Secretários Municipais de Educação, professores, sindicatos, prefeitos e também o membros do Ministério Público do Maranhão, se reuniram na ultima segunda-feira (10), no Convento das Mercês, em São Luis, e decidiram pela paralisação geral no Estado do Maranhão em função da perda de recursos do FUNDEB (Fundo da Educação Básica) devido aos cortes no repasse do Governo Federal.

O objetivo é pressionar o governo a perdoar a divida com dos municípios como são feitas com as empresas privadas e bancos e, ainda, devolver os recursos de mais de 224 milhões que foram cortados dos repasses desta segunda-feira dos Municípios em todo o Estado do Maranhão, comprometendo seriamente as contas públicas e possivelmente o salário de servidores. A paralisação está prevista para a próxima sexta-feira, dia 14.

Segundo o secretário de Educação do Município de João Lisboa, Davison Sormanne, os cortes dos recursos podem levar os municípios ao colapso, dificultam investimentos na educação como reformas e construção de escolas, explicou.

O Maranhão é o primeiro dentre os 5 Estados que sofreram cortes a se manifestar, e espera que os demais Estados que perderam recursos com o corte do Governo Federal possa se manifestar, devido, principalmente, ao atraso na folha de pagamento que deve ocorrer nos próximos meses.

Fonte: Do Blog do Holden Arruda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário