quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Medidor de energia elétrica de Faculdade pega fogo e assusta estudantes e moradores em Pedreiras

Vídeo
O curto-circuito em um medidor de energia elétrica gerou chamas que assustaram curiosos e estudantes da FEMAF (Faculdade de Educação Memorial Adelaide Franco), localizada na Rua Cantanhede, Bairro Maria Rita, em Pedreiras, na noite desta quarta-feira (29).

O fogo, seguido por algumas explosões no medidor, começou por volta das 20h00. Os estudantes e funcionários da FEMAF tiveram que sair às pressas do local. Algumas pessoas tentaram apagar as chamas com extintor de incêndio, mas sem sucesso. O Corpo de Bombeiros foi chamado e utilizou conseguiu apagar o fogo.
Com as explosões as lâmpadas de alguns postes próximas a FEMAF apagaram. Moradores e curiosos, assustados, gritaram: “Chama os bombeiros, que a Faculdade tá pegando fogo!”

"O medidor de energia não suportou a sobrecarga, ocasionando o curto-circuito", explicou um dos homens do corpo de bombeiro.

A Cemar e o próprio Corpo de Bombeiros de Trizidela do Vale deve agendar uma vistoria para verificar o que, de fato, ocasionou a explosão.
Mais em continua...






5 comentários:

  1. Foi muito desespero eu corri muito com medo de explodir tudo

    ResponderExcluir
  2. Nossa eu fiquei com muito medo da faculdade pegar fogo, muita gente saindo gritando um desespero só. Eu estava na sala de aula quando faltou energia, vi só os funcionários pedindo pra gente sair da Faculdade.

    ResponderExcluir
  3. Foi apavorante, mas gracas a Deus acabou tudo bem!

    ResponderExcluir
  4. O perigo e Grande a chance de encendiar o prédio todo e de 96%,um projeto nesse porte tem que ter um transformador particular só para atender a instituição...assim como tem no Colégio Olindina,IFMA.C.SÃO FRANCISCO,IEMA,CAIC etc...o professor precisa buscar informações necessárias na Cemar de como resolver estávestávamos com um problema semelhante aqui em lago da pedra fui muito bem orientada pela a Cemar e resolvi rapidinho colocando um transformador até a conta de luz reduziu...


    ResponderExcluir