quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Trizidela do Vale - Júri popular condena sobrinho que matou tio a 20 anos de reclusão


Foi realizado o Júri Popular no dia 22, no Fórum da Comarca de Pedreiras (MA). O réu Bruno de Moura Leite foi julgado por assassinar o próprio tio, o motorista Rogério Felisberto Moura. Uma pistola .40 foi utilizada no crime. 
Bruno e Rogério 
O assassinato aconteceu no dia 26 de março do ano passado, por volta das 20 horas, na Rua Damásio de Freitas, Bairro Jerusalém, em Trizidela do Vale. Foram 14 horas de julgamento, presidido pela juíza da 2ª Vara da Comarca de Pedreiras, Ana Gabriela Costa Everton. Atuou pelo Ministério Público, o promotor de Justiça José Carlos Farias; a defesa foi feita pelo advogado Dr. Walterbi Silva, auxiliado pelo advogado Dr. Jofran Luccas.

O promotor de Justiça comentou para TV Rio Flores alguns aspectos do julgamento.

Suposto defeito na arma que resultou no tiro acidental.

“Primeiramente, não teve a arma para periciar; segundo, o acusado disse que a arma foi jogada no rio. Então, não se pode submeter que a arma tinha ou não defeito. No caso se tivesse uma perícia, poderia chegar a alguma conclusão, mas sem perícia não se pode fazer qualquer ilação sob pena que qualquer pessoa poderia dar fim a arma e depois alegar essa situação.”

O réu já respondia...

“Ele já é réu em processo de porte ilegal de arma de fogo.”

Confiança no trabalho da Polícia Civil.

“A Polícia Civil de Pedreiras sempre atua de forma ordeira, sempre verificando a situação e nesse caso também foram feitas as oitivas com muitas pessoas, que auxiliou o Ministério Público em sua denúncia e nas alegações.”

Quanto anos e o que deve acontecer com o réu?

“Na somatória, ele pegou 20 anos; ele já cumpriu parte da pena, houve uma diminuição no período relativo ao que já foi cumprido; iniciará em regime fechado, verificar ao comportamento dele, a possibilidade de trabalho do mesmo e aí, se aplicará a progressão de regime”, finalizou o promotor.

Vídeo

Veja a entrevista completa na reportagem acima.

Os advogados de defesa garantiram que vão recorrer da decisão do Júri Popular. 
____________________

Mais informações 


3 comentários:

  1. Marginal tem q ficar na cadeia mesmo, bem feito, tomara q aprodeça na cadeia seu verme

    ResponderExcluir
  2. Conhecia como um cara trabalhador, é incrível como a vida da voltas e nem sempre para o bem das pessoas.

    ResponderExcluir