quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

COMOÇÃO! Deputado Rigo Teles carrega caixão do pai vítima de pistolagem

O clima na cidade de Barra do Corda, interior do Estado do Maranhão, é de comoção por causa da morte do maior líder político da região.
O ex-prefeito Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim, foi vítima de pistolagem na manhã de hoje, dia 6. Ele foi alvejado com dois tiros na nuca, quando estava dentro de um carro com seu filho Júnior do Nenzim (ex-candidato a ex-prefeito conhecido como o “Vaqueiro da Barra”).
O vídeo abaixo mostra o outro filho do ex-prefeito, o deputado estadual Rigo Teles muito triste carregando o caixão do pai até o local onde o corpo está sendo velado. O parlamentar estava em Brasília, quando recebeu a notícia do assassinato do pai.
Clique e veja:

Luís Pablo

9 comentários:

  1. Nenzin: As três possíveis motivações do assassinato do ex-prefeito ‘Nenzin’
    FacebookTwitterWhatsApp
    Vingança, rivalidade política ou ‘respingo’ de agiotagem; latrocínio está descartado.



    Assassinato do ex-prefeito ‘Nenzin’, por hora, é um mistério; suspeita é de morte por ‘enconda’.

    A Polícia Civil do Maranhão trabalha em pelo menos três frentes de investigação para elucidar tão logo o assassinato do ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, o ‘Nenzin’, de 79 anos, ocorrido na manhã desta quarta-feira(06), quando se encontrava em companhia do filho Nenzin Júnior, ex-candidato a prefeito do município.

    Primeiro, a polícia investigará se o homicídio por um tiro na nuca e no pescoço, possui motivação por questões políticas da região, nesse caso, a hipótese é que tenha sido encomendado. Já se sabe que pelo menos duas pessoas participaram do assassinato, uma que fez os disparos e outra que dirigiu o veículo utilizado no crime.

    Segundo, a linha de investigação atuará na apuração de possível ato de vingança, vez que um dos seus filhos, o empresário Pedro Teles – que está foragido – possui intensas desavenças na cidade e municípios circunvizinhos. Inclusive, foi condenado em primeiro e segundo grau pela Justiça maranhense por ter encomendado a morte do trabalhador rural Miguel Pereira Araújo, o Miguelzinho, que teria invadido terras do empresário em Barra do Corda.

    Por último, a polícia também investigará o envolvimento do ex-prefeito em agiotagem, essa linha de apuração é bem mais complexa.

    – Investigação

    O secretário da Segurança, Jefferson Portela, embarcou ainda nesta manhã para o município cordino afim de acompanhar in loco as investigações. Também irão atuar no caso o Delegado Geral de Polícia Civil, Leonardo Diniz e equipes da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), que tem à frente o delegado Dicival Gonçalves, e ainda especialistas da Delegacia de Homicídios para auxiliar o Delegado Regional de Barra do Corda, Renilton da Silva Ferreira nas investigações sobre a morte do pai do deputado estadual Rigo Teles.

    – Execução?

    Nenzin chegou ser levado para o Hospital Macroregional, o chamado Socorrão, mas não resistiu. O ex-prefeito e o filho Mariano Júnior (Nenzin Jr), que concorreu nas últimas eleições para prefeito do município e ficou em segundo lugar, estavam saindo do residencial Moradas do Rio Corda, para a fazenda da família, em uma caminhonete, quando o ex-prefeito pediu para urinar. No momento que desceu, foi atingido por disparos.

    A possibilidade de latrocínio – roubo seguido de morte – está, por tempo, descartada, uma vez que não foi levado qualquer pertence da vítima.

    FONTE: http://www.domingoscosta.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Carlinho, o teu primo ostentação de Lago da Pedra está nos grande jornais de circulação nacional.
    Divulga ai!

    ResponderExcluir
  3. Queremos saber notícia do Assassino do Elton da Barraquinha, que foi morto pelo drogado Dudu Moita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá foragido Amigo! S polícia está a sua procura.

      Excluir
  4. Pelo que lemos na imprensa,o assassinato teve motivação, ainda desconhecida o que só saberemos quando prenderem os criminosos. Alguma coisa aconteceu uma pessoa como este senhor, idoso e influente na comunidade não seria cuidado sem motivos. Uma tristeza, principalmente para a família.

    ResponderExcluir
  5. Aqui se faz aqui e paga

    ResponderExcluir
  6. Esse pessoal chegou a ser investigado no caso da morte do blogueiro Décio Sá em São Luís, alguém lembra?

    ResponderExcluir
  7. Julifran Catingueiro está famoso no site UOL junto com a prefeita ostentação, matéria mais lida...

    ResponderExcluir