segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Motorista é preso acusado de desacatar sargento da PM em Lima Campos



No sábado (16) um  motorista foi preso acusado de desacatar a guarnição da Polícia Militar em Lima Campos.

Segundo informações do registro do Boletim de Ocorrência, Mateus Furtado e Francisco Costa se envolveram em um acidente de trânsito, felizmente, apenas com danos materiais aos veículos. Os dois motoristas estavam discutindo um acordo. A guarnição da PM compareceu ao local, porém, Mateus que dirigia um Nissan Sentra, cor prata e não teria gostado da intervenção dos policiais. Ainda segundo o B.O., ele tentou intimidar os policiais, afirmando ser filho e irmão de advogado e, se dirigindo ao Sargento J. Moraes, chamou o de "Moleque". Os PMs   de imediato foi lhe dado voz de prisão. Mateus foi conduzido a sede do BPM em Pedreiras e depois apresentado à delegacia regional daquela cidade para ser tomada as devidas providências.

O Nissan Sentra foi apreendido.


Guarnição Composta: SGT. J. Morais, SD Nayron, SD Mendes, GM Jerry e GM Lucivan.

Fonte: Ascom da PM de Pedreiras 

4 comentários:

  1. Brasil,país de merda.Onde já se viu um cara,apenas por ser parente de advogado se achar acima da lei,como?.Será o tal pelo menos estudou?Cana nele!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá achando ruim o Brasil estão se mata e vai pro inferno.

      Excluir
  2. Tá tudo certo? Desacato, normal, saqueamento de veículo acidentado, normal... Rapaz, repito, aquele congresso nacional é muito bom, perto da sociedade de onde saem. Vamos deixar assim, quem sabe um dia fizemos o benefício da desordem. Não é esse o pensamento.

    ResponderExcluir
  3. Parente de advogado? Qual a diferença que a profissão para um acidente de trânsito? Advogado ou açougueiro nessas horas são a mesma coisa. Cana para esse babaca. Advogada não manda em nada, não tem poder para nada. Ele apenas faz meros PEDIDOS para o Judiciário.

    ResponderExcluir