quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

O caso da tentativa de assassinato do vereador de Pedreiras está cercado de mistério

A Polícia Civil, da 14ª Delegacia Regional de Pedreiras, continua investigando o caso da tentativa de assassinato contra o vereador Zé Renato (PTB) de Pedreiras. O crime aconteceu, à noite, no dia 13 do corrente, em uma estrada vicinal que liga a sede ao povoado Olho D`Água.

A primeira suspeita divulgada pela imprensa local era de tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte). O vereador teria reagido a um assalto e acabou ferido à bala. Os autores (ou autor) fugiram após o cometimento do crime, sem levar nada. Logo na manhã seguinte ao fato, o delegado regional, Dr. Lucas Smith, em entrevista, esclareceu que a Polícia Civil trabalha com essa linha e outras linhas de investigação para não deixar dúvidas no ar. ( Reveja ).

Nos últimos dias ganhou força uma nova versão que descarta completamente a tese de assalto e que não podemos adentrar para não atrapalhar as investigações. A polícia, o vereador e seus familiares evitam comentar o assunto. 

A Polícia Civil segue investigando o caso na tentativa de descobrir as motivações do crime e identificar os suspeitos ou suspeito.

O caso está recheado de mistério. 

Zé Renato, 57 anos, que foi alvejado por um tiro nas costas, esteve em estado gravíssimo, se recupera bem em um leito normal no Hospital Geral de Peritoró. 

Mais 

Vereador de Pedreiras é baleado em tentativa de assalto

Um comentário: