quarta-feira, 28 de março de 2018

Formação de professores é recorde de público em Poção de Pedras com o tema "Ensino da História e Cultura Afro brasileira e Africana"


 

Os professores do município de Poção de Pedras estão vivenciando três dias intensos de formação sobre o tema ‘Ensino de História da Cultura Afro-brasileira e Africana’. A experiência tem sido por todos comentada como proveitosa em seus debates, oficinas, reflexões e execução de música popular ao vivo entoadas pelo músico Baltazar, propiciando assim a busca por aprimoramentos mediante o conteúdo proposto.

 


Já é recorde de público. O auditório do C.E Augusto Inácio Pinheiro lotou desde a abertura do evento, que ocorreu na noite desta segunda-feira (26), com a composição da mesa, somando grande número de inscritos. Explanaram o tema e subtemas a pedagoga, mestre em Educação, Kariádine Maia – coordenadora e representante da Gestar Consultoria, empresa responsável pela didática do evento; a psicopedagoga, secretária municipal de Educação, Ângela Galvão; o professor, filósofo e teólogo Baltazar Dias; e a historiadora, conselheira estadual e nacional de Cultura, presidente da FUP de Pedreiras, Francinete Braga.
Continua....

Na manhã de ontem (27) foi abordado ‘Fundamentos da Educação Familiar’, já na tarde a palestrante Francinete Braga trouxe aprofundada exposição do tema central, cativando o público presente e arrebatando as atenções com bastante dinâmica e propriedade de conhecimento.

O evento encerra nesta quarta-feira (28).

Veja os flashes!
  










Blog do Fernando Melo

8 comentários:

  1. Qual o resultado prático de tal formação?Os mesmos preguiçosos,as mesmas diádicas e as esmas enrolações estarão presente já na próxima semana.

    ResponderExcluir
  2. A educação nunca esteve tão ruim como agora.alguns professores da rede municipal não fazem nada,absolutamente nada.Como um professor que se diz sr profesor peregrinar o maranhão para fraudar concursos?

    ResponderExcluir
  3. Toma bando de professor incompetentes

    ResponderExcluir
  4. essa é educaçao é a pior deste municipio
    segundo ontem aqui na reuniaõ LEFA falou que entreou o cargo porque fortaleza e regiao ain da falta professor e le nao pode cobrar nada pode uma educaçao desta
    beira rio pede socorro

    ResponderExcluir
  5. FERNADO MELO ESTA CERTO
    ZULEIDE DO JEAN OLHA QUANTO TEMPO FORA DE SALA DE AULA JA PASSOU
    TODO TEMPO DE POLITICA FICA EM PÉ EM PÉ ACORDO COM OLITICO
    ISSO PREJUDICA A EDUCAÇAÕ

    POUCOS TEM MORAL PRA FALAR DE CASCARIA E DOS PREDIOS ESCOLARES MAIORIA CONTRIBUE PRA ESSE ABSURDO

    ResponderExcluir
  6. Falta?
    Cascaria já está de olho!
    Kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Só a educação e capaz de mudar a vida das pessoas, do município, estado e nação em geral.

    ResponderExcluir
  8. Tantas pessoas pregando ódio nesses comentários.

    ResponderExcluir