sábado, 14 de abril de 2018

Mais de 500 famílias são atingidas pelas enchentes em Pedreiras


Desde o início das chuvas, o rio Mearim subiu cinco metros acima do normal. De acordo com a Defesa Civil, 181 famílias em Pedreiras estão em abrigos
 
As fortes chuvas que caem em todo o Maranhão estão obrigando centenas de famílias a deixarem suas casas. Em Pedreiras, uma das cidades mais atingidas pelas enchentes, 513 famílias foram atingidas pelos temporais e 131 estão em abrigos localizados no município, segundo a Defesa Civil municipal. Ao todo, 851 famílias estão desabrigadas pelas chuvas que caíram no Maranhão.

Desde o início das chuvas, o rio Mearim subiu cinco metros acima do normal. Na quinta (12), para sexta-feira (13), ele subiu um centímetro. De acordo com a Defesa Civil Estadual o nível do rio é considerado estável.

Somente no bairro Matadouro, localizado às margens do rio Mearim, 60 famílias tiveram que deixar suas casas, já que as ruas do bairro estão tomadas pela água do rio. Muitos moradores que não conseguiram deixar suas casas estão isolados e só conseguem andar pelo município através de canoas. Os desabrigados estão sendo relocados em 14 abrigos em Pedreiras.
Continua...

Por conta da cheia do rio, a Defesa Civil Estadual montou uma base de apoio em Pedreiras para atender todas as cidades da região central que foram atingidas pelas chuvas.

Em Trizidela do Vale, a 282 km de São Luís, a situação também é preocupante. Segundo a Defesa Civil, 265 famílias foram atingidas e 131 estão distribuídas em dez abrigos que foram montados para receber as vítimas.

Por conta das enchentes, 17 municípios estão em estado de calamidade e as sete cidades estão em estado de emergência. Dentre eles são Marajá do Sena, Presidente Vargas, Brejo, Pedreiras, Lago dos Rodrigues, São João do Sóter e Trizidela do Vale.

Fonte: G1

4 comentários:

  1. Mentira, trabalho aqui e não tem nem 200 ainda aqui em pedreiras.

    ResponderExcluir
  2. Ninguém sabe quem fala a verdade

    ResponderExcluir
  3. O blog sempre menti, a desgraça para ele é sempre melhor divulgada.

    ResponderExcluir
  4. Acredito que os culpados não são o informativo, mas sim as pessoas q sempre teve consciência dos perigos!

    ResponderExcluir