terça-feira, 8 de maio de 2018

Ex-prefeito Pedro Filho foi o grande responsável pelo fim do protesto que interditou a estrada entre Lago Verde e Lago Açu

Pedro Filho dialogou com as lideranças do protesto e recebeu delas uma missão 
Na segunda-feira (07), pela manhã, aconteceu um grande protesto na estrada MA-326, na altura do povoado Santa Luzia. Os moradores interditaram a via com paus e pneus em chamas para reivindicar diversas melhorias (segurança, educação, infraestrutura, salários de servidores em dia, entre outros).

Aquele trecho da MA-326 é única via terrestre de entrada e saída da cidade de Conceição do Lago Açu. O bloqueio que começou na madrugada impediu a passagem de veículos e pedestres nos dois sentidos da rodovia.

Por conta da obstrução, aconteceram diversas discussões, bate boca, ameaças entre manifestantes e condutores impedidos de transitar na estrada. Um homem de Lago Açu, identificado como “João Carlos”, que tentou romper a barreira e foi ameaçado de morte pelos manifestsantes.

“Ele tentou atravessar a barreira a força, usando de seu tamanho; mas na mesma hora um monte de moradores correram para dentro de casa e se amaram de faca e  diziam: vamos pinicar esse saliente na faca”, disse um fonte do blog.
Protesto interdita estrada entre Lago Verde e Lago Açu 

Moradores do povoado Santa Luzia firam o protesto reivindicando melhorias da prefeitura de Lago Verde

A polícia e representantes da prefeitura de Lago Verde tentaram negociar com os moradores a desobstrução da estrada, porém, sem sucesso.

Depois de horas de protestos, quem se apresentou como negociador foi nada mais e nada menos que o ex-prefeito de Conceição do Lago Açu, Pedro da Silva Ribeiro Filho, o “Pedro Filho”.

Demonstrando mais uma vez sua habilidade nata de articular e conversar com o povo, Pedro Filho se aproximou, estudou quem era os líderes do movimento, conversou com eles, elogiou o protesto, lembrou que ele também já participou de vários protestos em São Luís em sua vida estudantil.

“Já apanhei do exército, da polícia e de muita gente, lutando pelos nossos direitos. Vocês tem meu apoio”, disse Pedro Filho para os líderes do protesto.

Rapidamente, Pedro Filho estabeleceu um elo com os manifestantes; com diálogo aberto, franco, olho no olho, ele conseguiu junto a liderança do protesto que, a cada 10 minutos, um carro fosse liberado; no entanto, como era enorme a fila de veículos, principalmente oriundos de Lago Açu, dois ônibus, vans, caminhões, carros do povoado Olho D`Água, o ex-prefeito explicou para os líderes que o objetivo do protesto já tinha sido conquistado.

“Vocês já chamaram atenção para os problemas que estão sofrendo e seria prudente liberar os carros. Muita gente precisa ir a Bacabal e outras cidades; no meu carro mesmo estou levando pessoas para se consultar em São Luís”, disse ele.

Os manifestantes responderam que o veículo do ex-prefeito estava liberado para passar pelo bloqueio. Porém, Pedro Filho recusou e disse que não queria privilégio.
“Eu não quero privilégios, mas que todos os carros possam também ser liberados”, pediu.

Os manifestantes reconhecendo que Pedro Filho tem qualidade para representa-lo, pediram para ele intermediar com o prefeito de Lago Verde, Dr. Francisco, para conversar pessoalmente com eles naquele local. Pedro Filho aceitou a incumbência, montou numa motocicleta e foi atrás do prefeito de Lago Verde.

No caminho, ele se deparou com um camburão da polícia militar que estava indo em direção ao protesto. Conversou com os policiais e pediu para agirem com cautela, em virtude dos manifestantes serem cidadãos honestos, trabalhadores, que estavam mobilizados para garantirem direitos. Os PMs informaram que, segundo as orientações do ex-prefeito, vão acompanhar o protesto a certa distância, para garantir a segurança de todos.

Pedro Filho ainda conversou com o prefeito Dr. Francisco, que estavam num carro com vidro trancado; solicitou para ele baixar o vidro e passou a mensagem da comunidade. Logo em seguida, o prefeito se reuniu com a população, garantiu que as reivindicações serão atendidas e, após a conversa, a estrada foi liberada.

Dessa forma, Pedro Filho articulou ou  negociou o fim do protesto em Lago Verde, beneficiando os moradores daquela comunidade e região, que foram ouvidos pelo prefeito e cerca de mil pessoas que precisavam transitar naquela trecho da rodovia MA-326.

Ainda ontem à noite, nas redes sociais, Pedro Filho comentou sua contribuição que foi decisiva para o fim do bloqueio da estrada Lago Verde – Lago Açu.

“Feliz por ter contribuído para a desobstrução da estrada hoje pela manhã, depois de mais de 4 horas interditada por manifestantes do Povoado de Santa Luzia no Município de Lago Verde. Foi uma manifestação mais do que justa, embora tenha prejudicado muito o nosso povo de Lago Açu, que nada temos com os problemas administrativos do município de Lago Verde. De toda forma, agradeço aos manifestantes por terem confiado nas minhas palavras e também da forma respeitosa como me trataram”, disse o ex-prefeito.
Ex-prefeito Pedro Filho foi decisivo para o fim do protesto 
Mais 

Moradores do povoado Santa Luzia interdita estrada que liga Lago Verde à Lago Açu


7 comentários:

  1. Meu Deus ...que Sinico e oportunista ! Como uma pessoa pode ser assim meu Deus ?
    Caro bloqueiro Carlinhos, Pedro Filho não fez nada disso .
    O normal dele é querer sempre aparecer como o salvador da pátria, o grande articulador,o amado pelo povo . Quando na verdade é odiado por 90% da população de Lago Açu, e não é atoa que ta perdendo a 4 eleições.... COITADO !
    Carlinhos, não poste tudo o que esse rapaz lhe manda, seu blog pode perder a credibilidade por mostrar mentiras. Eu tava la desde 5 da manha fazendo a cobertura e não vi nada disso . Pedro Merda não fez nada pra acabar com o protesto !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respeite Pedo Vei! Rum ele e duro

      Excluir
  2. É tão articulador e bonzinho que só perde em Lago Açu . Hahahhaaha.

    Esse Pedro Vei é mentiroso

    ResponderExcluir
  3. Pedo vei é duro! Grande líder da região dos Lagos

    ResponderExcluir
  4. Um mal elemento desse tinha que tá era preso, até hj me deve sete meses de salário,e se não tivesse saído dá Querida Lago Açu tinha Morrido de fome... Acorda meu povo.

    ResponderExcluir
  5. Eu estava lá. Quem foi o grade responsável por ir atrás do prefeito foi o Pedro filho. Se n fosse por ele! Pena ver alguns invejosos remoendo coisas do psssado. Olhar o presente, digo a péssima administração do sr lavepel, esses não enxergam.

    ResponderExcluir
  6. Eu estava preso na manifestação também. A população estava reivindicando a retirada da diretora clodineia, mulher do jeju coco .Que muitos estavam dizendo que ela fume e bebe dentro da escola, na frente dos alunos

    ResponderExcluir