quarta-feira, 9 de maio de 2018

Marquinho: “Usaram de má fé, mas meu advogado já entrou na justiça para anular a compra e venda”


Mais sobre a polêmica venda e demolição do “Prédio do Higino", no Bairro Mutirão de Pedreiras
Marquinho, meu pai era filho de Higino e sou um dos herdeiros 
Marcos Aurélio Fernandes Gusmão, mais conhecido como “Marquinho”, entrou na justiça contra a venda de um prédio que teve o início de sua demolição na semana passada, em Pedreiras, no bairro Mutirão.
  
Segundo Marquinhos, através de um documento que ele teve acesso, não consta na relação nominal dos herdeiros, como o nome de seu pai, Eduardo Gomes Teixeira, e, assim, como os demais irmãos; ele também teria o mesmo direito em parte da venda do imóvel, conhecido como: “Prédio do Higino Teixeira”, avô de Marquinhos.
 
O prédio foi demolido para dar lugar a uma loja de material de construção 
Durante uma conversa com a suposta vendedora do terreno, Marquinhos ficou sabendo que parte da herança que cabia a ele, já teria sido vendida em outra ocasião, aos credores do antigo hospital, que, se alguém não repassou nada a ele, foi problema da própria família, por parte de pai, por isso, teria ficado de fora o nome do senhor Eduardo Gomes Teixeira.

Diante a situação, Marquinhos disse ao Blog que já constitui advogados e entrou na justiça pedindo anulação da venda do imóvel.

“Meus advogados já estão trabalhando nesse processo pra anular, pra gente poder entender o que está acontecendo, e, saber porque o nome de meu pai não consta na certidão do imóvel, como herdeiro do imóvel. Todos eles constam, menos o do meu pai, que também é herdeiro daquele imóvel. Só queremos desvendar esse mistério.” Concluiu Marquinhos.

Segundo Marquinho, o prédio do Higino foi demolido para no local ser construído um material de construção, no entanto, a ele acredita que a obra seja embargada pela justiça, até que todos os herdeiros sejam contemplados em seus respetivos direitos.

“Não existe inventario. Hoje o advogado já entrou com o pedido de anulação da certidão de compra e venda. Na certidão foi retirado o nome do meu pai, Eduardo Gomes Teixeira, usaram de má fé”, reiterou ele.

O Blog, como sempre, deixa o espaço aos demais interessados que estão envolvidos na venda do imóvel e na divisão da herança, para se pronunciarem a respeito da situação.
Continua...

Marquinho: "Olha, a certidão que foi proibida por ter o nome do meu pai."
Marquinho: "Esse é o meu pai, Eduardo Gomes Teixeira, filho de Higino, portanto, sou neto!"

Com informações de Sandro Wagner

14 comentários:

  1. desvendar mistério não ele quer é dinheiro kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas claro, é direito dele.

      Excluir
    2. Quem foi que disse que não é direito dele?agora fala que quer desvendar mistério agora bem ai!

      Excluir
  2. MarquinhosMarquinhos meu amigo você quer um conselho? Pare de falar em grupos de Whatsapp tudo que você vai fazer. Os invejosos estão querendo só o teu mal. Ou seja querem que tu se lasque. Kkk

    ResponderExcluir
  3. Ele tá certo,porque os papai é rico nâo procuraram saber antes de comprar barato desses monte de besta,entra na justiça marquinho e procure se direito pois voce tem direito

    ResponderExcluir
  4. Tá certo tem que lutar pelos seus direitos.

    ResponderExcluir
  5. Não conheço vc marquinho, mas vc tem direito sim, eu no seu lugar faria a mesma coisa.
    Se não se manifestarem, embarga a obra.

    ResponderExcluir
  6. Será q se ele ganhar esse dinheiro ele ainda continuará babando o Fred mala.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concerteza uma vez .....sempre .....!☺

      Excluir
  7. Conheci Eduardo sai luis gonzaga ele pai marquinho tem todo direito

    ResponderExcluir
  8. isso ai n serve p nada a não ser p demolição

    ResponderExcluir
  9. O mal de herança e isso pois algumas pessoas se acham mas filhos que outros quando na verdade o direito e igual..se existisse 1000 casas de herança esse rapaz teria direito na parte dele em todas..a má fé desse pessoal ultrapassou o limite o que as pessoas não fazem por dinheiro..

    ResponderExcluir
  10. Mas ele diz que o pai dele é o Fred Maia.

    ResponderExcluir
  11. Está certo,mas porque não entrou com ação antes da demolição?muito inteligente kkk

    ResponderExcluir