quinta-feira, 28 de junho de 2018

PM de Trizidela do Vale prende assaltante que encheu as vítimas de tapas

O Pelotão da Polícia Militar de Trizidela do Vale, comandada pelo sargento Neris, retirou de circulação, nesta quinta-feira (28), um elemento que agia com violência durante assaltos praticados por ele.

No começo da tarde de ontem, dia 27, o indivíduo Ronilson de Araújo Rodrigues, vulgo "Baleado", assaltou duas pessoas na Rua Coronel Manoel Inácio, Bairro Aeroporto, em Trizidela do Vale (MA).

Baleado, junto com um comparsa ainda não capturado, aproximou-se de uma casa, anunciou o assalto e tomou dois aparelhos celulares. Durante a ação criminosa, o assaltante agrediu as jovens vítimas com vários tapas. Após o roubo, eles fugiram com os celulares.

A polícia foi acionada e as vítimas reconheceram os assaltantes. Com base nessas informações, policiais militares de Trizidela do Vale realizaram diligências para prender os elementos.

Nesta quinta, por volta do meio dia e meia, os PMs receberam informações que um dos indivíduos estava na Vila Luís Carroceiro, em Trizidela do Vale, ameaçando populares.

No local, o assaltante recebeu voz de prisão, mas reagiu com violência para cima dos policiais. Foi necessário o uso da força para contê-lo. Baleado chegou a agredir a guarnição da PM.

Ele foi conduzido; trata-se de um conhecido da polícia e, inclusive, já cumpriu pena por participar de assaltos ao comércio da região. Um dos assaltos mais conhecido em que Baleado participou foi à invasão da casa e do depósito do Dinarte em Pedreiras, em dezembro de 2016.

Baleado foi apresentado na delegacia regional para as devidas providências.

Assalto a depósito de bebidas de Pedreiras termina com tiroteio: menor infrator e policial militar saíram feridos


10 comentários:

  1. Se fosse nos EUA esse vagabundo já estava morto, a polícia de lá reage com tiro fatal no bandido. Aqui a justiça, a OAB e os partidos esquerdopatas defendem esse tipo de criminoso, e a PM ainda corre risco nas mãos deles.

    ResponderExcluir
  2. Desce o cacete nesse vagabundo. Onde ja se viu um lixo desse, merecia ter levado 10 tiro no fucinho. Cancelar o cpf desse marginal

    ResponderExcluir
  3. Seu escritor eu acho qui e tenente neris,do quer sargento neris.

    ResponderExcluir
  4. Era pra matar esse vagabundo.

    ResponderExcluir
  5. O policial está errado! Não devia ter prendido e sim atirado! Um traste desse ( não posso chamar de ser humano para não ofender os cidadãos) não faz falta e não se corrige. Prende, solta e volta a fazer o mesmo!

    ResponderExcluir
  6. Olha,se soltaram o Zé Dirceu e estão querendo soltar o LULAdrão,tem que soltar esse pé rapado, afinal de contas, ele só fez roubar e isso é normal aqui no Brasil,por porque se nesse país as leis fossem esses vermes iriam pra prisap perpetua,mas vivemos numa CLEPTOCRACIA,ou seja um país governado por LADRÕES.

    ResponderExcluir
  7. Esse ai é o ladrão que colocou o revólver na cara do Dinart no assalto. Na prisão dele na época ele reagiu. Pegou o bogue na cara que cagou na roupa. Chegou na delegacia todo cagado.

    ResponderExcluir