quarta-feira, 25 de julho de 2018

Todos os pré-candidatos a governador do Maranhão já marcaram convenções

O período para a realização de convenções partidárias teve início no último dia 20 e vai até o próximo dia 5 de agosto. No Maranhão, todos os pré-candidatos ao governo já marcaram suas convenções. A maioria acontece no fim desta semana. Por enquanto, os primeiros sete dias do prazo serão usados para fechar conversas e negociações em andamento entre os partidos.

O primeiro partido que vai realizar convenção será o da ultraesquerda, PSTU. Eles confirmarão o nome de Ramon Zapata para o governo do estado nesta sexta-feira, dia 26. Além de Zapata, na chapa majoritária tem ainda Nicinha Durans como candidata a vice-governadora. Saulo Arcangeli e Preta Lu serão os candidatos ao Senado pela sigla.

Flávio Dino e Maura Jorge realizam convenções no sábado

Maura Jorge (PSL) e Flávio Dino (PCdoB) farão os encontros partidários no sábado, dia 28. A primeira no Espaço Renascença e o segundo, no Multicenter Sebrae.

No caso de Maura Jorge, na semana que antecede a convenção de seu partido ela precisará fechar os acordos para a vaga de candidato a vice-governador e também a senador. Por enquanto, há somente conversas entre os aliados para a composição da chapa majoritária, mas sem qualquer definição.

Sobre coligação, o presidente do PSL, vereador Francisco Carvalho, disse que a aliança deverá ocorrer com o PRTB, já que “um acordo já está apalavrado”.

A convenção do PCdoB de Flávio Dino ocorrerá com outras dos demais partidos que fazem parte da base de apoio do governador comunista. Entre as legendas que realizam a convenção no mesmo dia do PCdoB estão PDT, PTB, PRB e DEM.

Sobre a composição da chapa majoritária, a de Flávio Dino parece já estar fechada. Além dele para governador, Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS) disputarão o Senado e Carlos Brandão (PRB) será o vice-governador.

Segundo Márcio Jerry, presidente estadual do PCdoB, os partidos que fazem parte da base de apoio à candidatura à reeleição de Dino debatem atualmente a construção das chapas proporcionais para deputado estadual e federal.

“Os 15 partidos estão construindo pelo diálogo permanente as chapas proporcionais de deputados estaduais e federais. Ao mesmo tempo mobilizando as bases para a grande convenção que dará largada para a reeleição de Flávio Dino governador, Carlos Brandão vice-governador, Weverton e Eliziane para o Senado”, disse.

Esta formação vem sendo questionada mais recentemente apenas pelo PT, que vem reivindicando participação na chapa majoritária e reclama da candidatura de Eliziane Gama ao Senado. E devido a este impasse o PCdoB corre o risco de perder o apoio do PT, que já trabalha com a ideia de candidatura própria ao governo ou mesmo a formação de uma chapa sem candidato a governador e com candidaturas a senador somente.

Convenção de Roseana Sarney no domingo

A quarta convenção já agendada é do MDB, da ex-governadora Roseana Sarney. O encontro acontecerá dia 29 deste mês, no Espaço Renascença. Lá, serão confirmados, além de Roseana para o governo, o deputado Sarney Filho (PV) e o senador Edison Lobão (MDB) para o Senado. Por enquanto, ainda não foi definido o nome do candidato a vice na chapa da ex-governadora.

Durante os sete dias que antecedem a convenção, o grupo da pré-candidata tentará fechar as alianças que estão em diálogo. Entre os partidos que conversam com Roseana e seu grupo está o PSC, que é cotado para indicar o vice da emedebista.

Mais convenções

Já próximo do fim do prazo para realizar convenção, farão seus encontros o PSOL e o PSDB. O primeiro fará sua convenção dia 2 de agosto. Serão confirmados os nomes da chapa majoritária para as eleições de outubro. A composição é formada por Odívio Neto, candidato ao governo, professora Maria Helena Viana, vice-governadora, Saulo Pinto e Igor Bruno candidatos ao Senado.

O PSDB fará a sua convenção dia 4 de agosto, penúltimo dia do prazo estabelecido no calendário eleitoral. Serão confirmadas as candidaturas do senador Roberto Rocha ao governo do Maranhão. Por enquanto, não há definição do nome do candidato a vice-governador. Segundo Rocha disse a O Estado, o nome deverá vir da região Tocantina. As conversas ainda estão em andamento.

Já para o Senado, uma das vagas de candidato ainda não foi definida. A primeira vaga é do deputado Alexandre Almeida, que vem fazendo pré-campanha ao lado de Roberto Rocha desde que o deputado se filiou ao PSDB.

A outra vaga está sendo disputada pelos deputados federais José Reinaldo Tavares e Waldir Maranhão. O primeiro perdeu o direito de ser o candidato depois que declarou que apoiaria a eventual candidatura de Eduardo Braide ao governo estadual. Com isto, Roberto Rocha passou a fazer a sua pré-campanha ao lado de Waldir Maranhão, que acabou sendo posto como outro pré-candidato a senador pelo ninho tucano. Por enquanto, a decisão de quem leva esta vaga vai ficando para a convenção.

Mais

Declaração de apoio

Zé Reinaldo Tavares divulgou vídeo em redes sociais ao lado do pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin. No vídeo, o ex-governador de São Paulo diz que Tavares é o candidato a senador que tem seu apoio. Por enquanto, não há qualquer tipo de manifestação do senador Roberto Rocha – que preside o ninho tucano no Maranhão – a respeito do vídeo do presidenciável com Zé Reinaldo.



O Estado
http://imirante.com/oestadoma/noticias/2018/07/20/todos-os-pre-candidatos-a-governador-do-maranhao-ja-marcaram-convencoes/

2 comentários: