quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Pedreiras em ação na melhor idade: um mês de atividades e 400 mulheres cadastradas


Completando um mês em atividade, o projeto “Pedreiras em Ação na Melhor Idade” já tem 400 pessoas cadastradas e participando ativamente das aulas de aeróbica e hidroginástica que acontecem todas as segundas, quartas e sextas, no Castelo de Leicam.

O projeto Pedreiras em Ação na Melhor idade é uma iniciativa da Prefeitura de Pedreiras voltada às mulheres a partir de 35 anos. Além de atividades de aeróbica, hidroginástica, elas ainda recebem acompanhamento de saúde com fisioterapeuta, psicóloga, educador físico, médico, enfermeiro e fonoaudiólogo, além exames laboratoriais e também orientação jurídica com a advogada da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Nesta quarta-feira, (22), completou um mês que o projeto está atendendo a população. As mulheres atendidas pelo projeto falam entusiasmadas da iniciativa e dos resultados alcançados. Eva Oliveira Alves, 62 anos, dona-de-casa diz que é um privilégio poder participar. “É muito bom porque nós podemos fazer as atividades e as consultas, antes não havia este serviço e agora estamos tendo, e além do mais é gratuito”, disse.

Continua...

Maria Raimunda Belarmino Vasconcelos, disse que o projeto “caiu do céu” e elogiou a iniciativa do prefeito e de sua equipe. “Estou sendo muito bem atendida”, ressaltou. Judite Dias Vieira, considera o projeto muito bom. “Eu faço parte da hidroginástica, e às vezes venho fazer os exercícios cheia de dores, mas quando saio estou aliviada, eu tenho sentido bastante melhora, e creio que no futuro voou ficar boa de minha saúde com a hidroginástica. O atendimento é perfeito por parte das pessoas que estão fazendo este trabalho, e acredito que esse projeto vai adiante por tempo indeterminado, porque é muito bom”, disse ela.
A coordenadora do projeto “Pedreiras em Ação na Melhor Idade”, Odete de Sousa Moreno, disse que está surpresa com o número de pessoas procurando para se cadastrar, e está buscando atender a toda a demanda. Ela esclareceu ainda que o prefeito Antônio França já garantiu a continuidade do projeto. A coordenadora explicou que a ação de hoje, com vários atendimentos, será feita uma vez por mês, e que é uma forma de acompanhar a evolução das participantes.

A secretária Municipal de Assistência social, Zenite Brito, também esteve presente acompanhando a ação e os serviços oferecidos pelo projeto.















Assecom

4 comentários:

  1. Só queria saber que foi que inventou que depois dos 60 anos é a "melhor idade". Nessa idade só aparece dor e doença, a melhor idade é dos 18 aos 30, aí o cara tá um poldro.

    ResponderExcluir
  2. PARABENS AO PREFEITO PELA INICIATIVA

    ResponderExcluir