quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Perseguição política estaria por trás da interdição do lixão de Esperantinópolis?

Prefeito Aluisinho fez várias visitas ao lixão e conversou com moradores próximos em busca de soluções 
O Ministério Público Estadual move ação contra o município de Esperantinópolis para construir um aterro sanitário, desde a década de 2000. A exigência perdurou nos dois mandatos do então prefeito Mário Jorge (2005-2012), passou no governo do prefeito Dr. Raimundinho (2013-2016) e permanece no governo do prefeito Aluisinho do Posto, sem solução.

No entanto, curiosamente, a pressão para resolver esse problema com urgência caiu no colo do atual prefeito. Segundo informações, políticos de oposição, estariam insuflando moradores da comunidade de Formiguinha, para não permitir a entrada do lixo doméstico ou qualquer outro tipo de resíduos sólidos recolhidos em Esperantinópolis (confira a foto). Os moradores interditaram a entrada do lixão, localizado na comunidade, e impedem a estrada dos caminhões. Com a interdição, o lixo se acumula nas ruas e residências dos moradores na cidade.

Em dezembro de 2017, o prefeito Aluisinho do Posto e sua equipe de governo estiveram, em várias oportunidades, conversando com moradores do povoado Formiguinha e outras comunidades próximas ao lixão, tratando sobre a retirada do lixão daquele local.

No entanto, o governo municipal foi surpreendido com a drástica redução de repasses federais, em decorrência da injusta diminuição da população. O FPM de Esperantinópolis, que era de 1.2, baixou para 1.0, ocasionando uma perda em 2017, primeiro ano de governo do prefeito Aluisinho, de maias de 5 milhões de reais em relação ao ano anterior; neste ano, as perdas devem superar os 7 milhões de reais.

Por conta desse detalhe, Aluisinho do Posto ainda não conseguiu recursos para construir um aterro sanitário e retirar o lixão da Formiguinha, um problema que se arrasta há mais de 20 anos.

Ainda sobre jogo político por trás desse protesto, o que se sabe é que nenhum prefeito anterior ao atual buscou solucionar o problema, quando Esperantinópolis tinha o FPM de 1.2; agora os oposicionistas estariam instigando a população para interditar o lixão. Possivelmente, eles entendem que a medida levaria transtorno para a população e geraria impopularidade ao governo de Aluisinho do Posto.

Circula nos grupos de rede social a informação de que alguns moradores estaria invadindo terras do lixão com objetivo de lotear e depois vender. O local do lixão estaria sofrendo uma espécie de "especulação imobiliária."

Por outro lado, em que pese as dificuldades financeiras, o prefeito Aluisinho e sua equipe trabalham para solucionar o problema histórico do lixão da Formiguinha e da construção do aterro sanitário.

“O dinheiro é curto, ainda assim, quando o recurso for disponibilizado pela prefeitura, não será tarefa fácil conseguir uma área para comprar, para ser transformada em aterro sanitário. Quem tem terrenos afastados da cidade, não quer vender para receber lixo e caso venda, os vizinhos não vão permitir, porque sabem que isso prejudica o valor dos imóveis. Ninguém quer morar perto de aterro sanitário. O caso é muito sério e mais do que o jogo político traiçoeiro, que só prejudica a população esperantinopense, deve ser amplamente discutido para chegar a uma solução”, explicou um funcionário da prefeitura ao blog.

Hoje, a Prefeitura, por meio da Secretária Municipal de Obras de Esperantinópolis, emitiu uma nota esclarecendo a população sobre o problema.

Leia.

Atenção para esta nota de utilidade pública

A Secretaria Municipal de Obras, Habitação e Transporte, responsável pela limpeza pública do município, vem informar aos moradores da zona urbana que, infelizmente, não estamos em condições de recolher o lixo doméstico das residências, por motivo da interdição do lixão pelos moradores e políticos da região.

Há 20 anos, esse espaço é utilizado e só agora, a gestão atual está sendo pressionada a resolver a situação, não tendo condições de fazer um trabalho dessa magnitude em tão pouco tempo.

Mas com a consciência de que somos responsáveis para resolver esse problema e estamos trabalhando nesse sentido.

Enquanto isso, lamentamos pelo transtorno

Atenciosamente Sueldo Freitas

Secretário de Obras, Habitação e Transporte da Prefeitura Municipal de Esperantinópolis
Desenvolvimento para todos


Mais 

Prefeito Aluisinho reúne-se com moradores e entra em acordo para resolver o problema do lixão de Esperantinópolis http://www.carlinhosfilho.com.br/2017/12/prefeito-aluisinho-reune-se-com.html
Esperantinópolis foi o único município no Maranhão que teve o FPM reduzido http://www.carlos-barroso.com/2018/01/esperantinopolis-foi-o-unico-municipio.html
Redução do FPM da Prefeitura de Esperantinópolis http://www.carlinhosfilho.com.br/2017/12/prefeitura-de-esperantinopolis.html

20 comentários:

  1. Perseguiçao politica? Nao precisa responder, todos sabem q esse vereador q se diz do lado do povo, quer mesmo eh se aparecer. A cidade tava toda limpa e organizada. Sabendo ele q nesse periodo de festejo da igreja matriz vem muita gente do interior e das cidades visinhas ele articulou isso com o sttr e outros "parceiros" so com o objetivo de mostrar aos visitantes uma cidade suja. Prova ai que nao tem compromisso nenhum com o povo de nossa terra. Assim como o vice prefeito, quanto pior, melhor. O stt q deveria ta cuidando dos trabalhadores rurais, ta eh fazendo politica partidaria e esquecendo do seu devido papel, logo, a diretoria nao esta recebendo propina como recebiam nos governos anteriores. Tao todos querendo pipo.

    ResponderExcluir
  2. Agora sim ze galinha vc foi conhecer o lixão. Engraçado né quando se perde o pipo. Agora vai querer enganar esses povo que se acha sabido na qual estão sendo usado como marionete nas mãos suja desse advogado sem pipo e desse outro aí que diz ser representante do povo. Vao casar oque fazer vagabundos deixa o prefeito trabalhar.

    ResponderExcluir
  3. Lixo desse vereador Lula , Zé galinha e Rogério, querendo colocar culpa do lixo na rua hoje em dia por conta da paralização do prefeito , vocês são um lixo, culpa de vocês, não estão ajudando mingúem

    ResponderExcluir
  4. Vereador Lula e você Rogério são pessoas que não tem nenhum escrúpulo, preferem que o povo se ferre, esse é o pensamento de vocês, mas o prefeito é trabalhador, vai continuar trabalhando, pro desespero de vocês

    ResponderExcluir
  5. Esse PREFEITO teve 180 DIAS para resolver esse problema por ordem da Justiça agora ele quer enganar o povo de FORMIGUINHA querer culpalos os próprios MORADORES .ESSA é a marca DO GOVERNO COMUNISTA PCDOB UM DESMANTELO GRANDE NA PIOR GESTÃO MUNICIPAL DE TODOS OS TEMPOS.

    ResponderExcluir
  6. É necessario, incessantemente, que a população saiba a verdadeira face da moeda que condiz a verdade. Parabéns aos nobre blogueiro por tão grande credibilidade a nós, seus leitores. Otima matéria!

    ResponderExcluir
  7. QUANDO UM POLITICO USA DE ARTIFICIOS SEM PENSAR NO BEM ESTAR DA POPULAÇAO, ELE SIMPLESMENTE ESTA PENSANDO SO NO PROPRIO UMBIGO, SEM SABER QUE PODE SER UM TUIRO NO PÉ

    ResponderExcluir
  8. Ia chegar o dia em que esse Lixao tinha que sair dali então chegou a hora só isso não vejo perseguição nenhuma aí só mi mi mi

    ResponderExcluir
  9. Agora é Bolsonaro presidente e Maura Jorge governadora galera.

    ResponderExcluir
  10. Aproveita e faz logo o asfalto do povoado Palmeiral também um dia vai ter que ser feito

    ResponderExcluir
  11. Covardia , ambição , desejo de poder, falta de recebimento de propinas indevida, leva o presidentes câmara , o advogado Zé galinha o vice prefeito sebunirem e tentar ferrar com s população prejudicando o povo , pois quando atrapalha s gestão o povo é quem sofre. Pelo amor de Deus esse advogado no lixão ? É pra morrer de rir. E o vereador cego Lula oportunidade que pela primeira vez um prefeito não quis ele, não aceitou as exigências dele , pois é um politico profissional, não tem outra função , vive de explorar gestoras está se dando mal. Abram os olhos povo de Esperantinopolis!

    ResponderExcluir
  12. O asfalto do povoado Palmeiral também é uma perseguição política porque todos os povoados grande já tem asfalto menos aqui no nosso município chega de enrolar e de esperar

    ResponderExcluir
  13. FOI DADO UM PRAZO E 180 DIAS E O PREFEITO NÃO CUMPRIU.
    AGORA SE FOSSE VOCÊS QUE MORASSEM LÁ VOCÊS NÃO ESTARIAM DEFENDENDO PREFEITO.
    LEMBRANDO QUE TODA A CARNE DO MERCADO VEM DO MATADOURO QUE ESTÁ A 50 METROS DO LIXÃO. OU SEJA, TODA A POPULAÇÃO ESTÁ SENDO PREJUDICADA PELO LIXÃO E PELO PREFEITO QUE NÃO CUMPRE SEUS ACORDOS

    ResponderExcluir
  14. Perseguição política! Pode até ser, mas vamos encarar a realidade pq nós os moradores das intermediações que sofremos todos os dias com tanta fumaça que prejudicam ou causam alguns tipos de doenças respiratórias dentre outras. E esse é o trabalho do prefeito juntamente com seus secretários resolver tal problema,buscando melhorias para o bem da população e do município!

    ResponderExcluir
  15. O povo da Formiguinha não percebem que estão sendo usados por dois inescrupulosos!

    ResponderExcluir
  16. O gaspar ta colhendo o que plantou.... Lixo... Olha ai o resultado...perseguiu e agora é a vitima... Coitadinho.... Se vira,esquece esse 1.2 tal 1.0...isso nao cola mais

    ResponderExcluir
  17. Agora é perseguição? kkkkk...E a tal da radialista justiceira q vivia fuçando tudo na administração anterior esqueceram? Aguente Gasparzinho.....

    ResponderExcluir
  18. Se essa ação está em andamento dês de 2000, então não é perseguição política mas sim cobrança de direitos legados ao decorrer de quase duas décadas.

    ResponderExcluir