quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Escola Janoca Maciel tem melhores índices do IDEB em Pedreiras: educação com amor



Um avanço significativo e digno de aplausos. A Unidade de Ensino Janoca Maciel, da rede pública municipal de Pedreiras, conseguiu expressivos resultados, obtendo índices 5.2 para as séries iniciais e 4.7 para as séries finais. A avaliação é referente ao ano-exercício de 2017.

Os resultados obtidos pela escola Janoca Maciel são os melhores, desde a criação do IDEB, em 2005. Os valores são maiores que a média do município de Pedreiras; superam os índices dos 13 municípios da Regional de Educação de Pedreiras; e também do Estado do Maranhão, e chegando a superar a meta estabelecida pelo Governo Federal, para a própria escola que era de 4.8 para as séries iniciais e 4.4 séries finais.
 
O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB avalia a educação básica no Brasil, realizado a cada dois anos, sendo calculado com base no aprendizado dos alunos em português e matemática (Prova Brasil) e no fluxo escolar (taxa de aprovação).

Claudia Dantas, diretora geral do Janoca Maciel explica como é estabelecida a aferição do IDEB. Segundo ela, os alunos fazem a “Prova Brasil” e o índice também de aprovação dos alunos, feito através do Censo Escolar, que chega ao resultado final. O censo é um trabalho feito entre os meses de maio e junho de cada ano, entre todas as escolas, em que é colocado o número de alunos, nome endereço, aprovado ou não, enfim, com todas as informações.

“Com relação as notas do IDEB, é o resultado de um trabalho árduo feito com amor de uma equipe coesa, que trabalha no pensamento positivo de dedicação e de dar sempre o melhor para o aluno. Eu costumo falar para os professores que tratem o aluno como se fosse seu filho para que possamos ter um trabalho melhor, e tudo que se faz com amor, não tem como dar errado. Nós sabemos que eles são capazes e inteligentes, e só temos a agradecer, principalmente a toda equipe desta escola, que não mede esforços se dedicando fazendo o melhor para que nossos alunos obtenham cada dia mais conhecimentos, mas não podemos deixar de falar da nossa comunidade, dos pais que estão sempre presentes na escola e isso faz a diferença”, ressalta a diretora Cláudia Dantas.
 
A diretora-adjunta da unidade, Maria de Fátima Costa, também avalia o êxito no IDEB. “Nós temos bastante pais comprometidos, uma comunidade parceira, e muita gente que nos apoia. Temos o grupo de apoio ao educando que não mede esforços e sempre que precisamos buscamos ajuda, e tudo isso vem contribuindo para o desenvolvimento da escola; temos até mesmo o Conselho Tutelar é nosso parceiro. Então nós buscamos auxiliar os alunos para que eles possam se desenvolver, porque entendemos que as maiores dificuldades da escola é fazer o aluno aprender, e se ele não tiver psicologicamente preparado o conhecimento não flui. Sabemos que é preciso trabalhar não apenas na sala de aula, mas também na família. Nós nos preocupamos com os problemas dos nossos alunos, não só como ensinar português e matemática, mas sim como viver de uma maneira melhor, mais saudável, mais digna e acima de tudo com respeito ao próximo amando a Deus. Trabalhamos o civismo na escola, e três vezes por semana fazemos orações com nossos alunos, cantamos hinos e mostramos valores que fazem um diferencial”. 
Mais em continua...









Ascom-Pedreiras

Nenhum comentário:

Postar um comentário