sábado, 8 de setembro de 2018

Mais informações sobre o assassinato de Marinho em Lago Verde



Relatório da polícia menciona que Marinho descobriu uma fraude em concurso público da Prefeitura de Conceição do Lago Açu; servidores teria assumido o concurso de forma irregular, e que 50 pessoas estariam fazendo uma vaquinha de 500 reais cada para contratar um pistoleiro para executá-lo.
 
Marinho, vitima de crime de encomenda em Lago Verde 
Na sexta-feira (7), por volta das 19h, Lenilson Silva Marinho, 48 anos de idade, foi assassinato na cidade de Lago Verde (MA). O homicídio tem características de crime de encomenda (pistolagem).

A vítima, que era conhecido pelos apelidos de “Marinho” ou “Carequinha”, foi executada por dois homens que estavam numa Bros; a moto com as cores preta, branca e vermelha não teve a placa identificada. 

Ainda segundo informações, os dois homens, trajando roupas pretas, capacetes com viseiras, passaram na motocicleta, observaram Marinho à porta da casa de um amigo, na Avenida Kennedy, Centro de Lago Verde, retornaram, o garupa desceu da moto e fez os disparos, dois tiros acertaram o pescoço da vítima e, em seguida, fugiram em direção a BR – 316.
 
Por volta das 19h, o corpo deu entrada no hospital de Lago Verde


“O professor estava conversando com alguns amigos, quando se aproximaram duas pessoas em uma motocicleta Honda/Bross, vestidos de roupa preta e usando capacete, sendo que o garupa desceu da motocicleta, sacou de uma arma de fogo e efetuou vários disparos contra a vitima à queima roupa, em seguida a dupla fugiram no sentido da BR 316”, informaram os policiais que atenderam a ocorrência.

Marinho foi levado para o Hospital Municipal Joana Almeida, em Lago Verde, porém, já chegou ao hospital sem vida.

A polícia militar foi acionada e fez diligências atrás dos autores, porém, não obteve êxito. A dupla foi vista passando em alta velocidade pelos povoados Bom Jesus das Verdades e Alto Alegre do Acelino.

“Fizemos incursões no mesmo sentido em que os acusados fugiram, e colhemos informações que foram vistos passando em alta velocidade nos povoados São José das Verdades e povoado Alto Alegre do Acelino, que chegando na BR seguiram sentido Santa Inês, fomos até o povoado Zé Chicão e não obtemos mais informações”, informaram a polícia.

Marinho residia em Lago Verde com sua família e trabalhava na Prefeitura de Conceição do Lago Açu. Era professor concursado e, ultimamente, participava de uma comissão que realizava sindicância dentro da Prefeitura de Lago Açu.

De acordo com o relatório da polícia militar, enviada a polícia civil, a primeira linha de investigação sobre o assassinato, trabalha que Marinho fora executado em decorrência de seu trabalho na Prefeitura de Conceição do Lago Açu.

“A vítima falava abertamente que tinha descoberto um esquema de fraude, através de uma investigação feita por ele, que vários professores teriam assumido o serviço público de forma irregular, teriam fraudado um concurso, e que cerca de 50 pessoas estariam fazendo uma vaquinha de 500 reais cada um, e iriam contratar um pistoleiro para mata-lo. Comentam que a vítima teria procurado a DP em Bacabal e teria registrado um B.O nesse sentido”, afirmou o relatório da PM.

As investigações apenas começaram. O corpo de Marinho, que deixa esposa grávida e filhos, está sendo neste momento transladado para João Pessoa, capital da Paraíba, onde o mesmo nasceu e têm familiares.
O caixão com o corpo de Marinho está sendo transladado na ambulância de Conceição do Lago Açu 

28 comentários:

  1. Brasil é terra de vagabundo e moleque mesmo. País da putaria, onde alguém que denuncia uma corja de pilantras incompetentes pra passar num concurso público é morto desse jeito. Aposto que os mesmos que fizeram a vaquinha falam "Lula Livre" e dizem que quem vota em bolsonaro é fascista e apoiador da violência. Esse acontecimento deveria estimular ainda mais a investigação nesses concursos, pra esses vagabundos aprenderem a ralar como qualquer um de bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, tem dois tipos de gente que falam mau de Bolsonaro. O primeiro são os petistas, o segundo não sei se é por burrice são os mais pobres por causa desses malditos canais de TV, que só sabem distorcer o fato original das coisas. Acho que nem os bandidos são contra o Bolsonaro. Quem entra pro crime já sabe qual será o seu destino.

      Excluir
    2. Quanto mais os dias passam mais eu concordo com o método político de Bolsonaro e acho que o Brasil tá precisando dele pra por moral no cabaré que tá se tornando o país mizericordia

      Excluir
  2. Cuidados concurseiro de poção de pedras.......fraude é risco para todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O risco é denunciar sem provas.

      Excluir
  3. Nossa até numa situação triste cm essa o cara vem falar de Bolsonaro. Triste realidade.

    ResponderExcluir
  4. Boto fé é em quem assume um cargo público por competência. Eu passei em dois: Estado e Município. Mas foi estudando.

    ResponderExcluir
  5. Boto fé é em quem assume um cargo público por competência. Eu passei em dois: Estado e Município. Mas foi estudando.

    ResponderExcluir
  6. O povo não acorda! Se o Brasil está desse hoje é culpa desse PT, Lula e Dilma. Mas o povo acha que eles deram chance pra pobre, mas é que o povo se engana, Eles só o nosso voto. Mas graças a Deus surgiu esse homem chamado Jair Messias Bolsonaro, esse vai mudar o rumo do nosso país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ta falando medra, todos!!! sem excessao, o roubo é desde 1500.

      Excluir
  7. Já está na hora do ministério público tomar providências nestes concursos de fraudes onde nossos filhos estão prejudicados e alguns pais sendo mortos....pocao de pedras,bateu o recorde de fraudes em concurso no Maranhão.

    ResponderExcluir
  8. Onde chegamos com a corrupção nosso professor está morto e os corruptos em concursos sorrindo. Meu filho não tem futuro com esses que vivem de fraudar concursos.

    ResponderExcluir
  9. Tenha misericórdia Deus. Deste pivo que so pensa em se dá bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Misericórdia é pra ele ter da gente, esse tipo de gente é bom Jair se acostumando.

      Excluir
  10. cuidado professor gênio!!!

    ResponderExcluir
  11. Muito revoltante tal situação.Conheço inúmeros jovens que perderam suas vagas para os malandros de Poção.Pessoas que,além de fraudar a prova compra o diploma,como é caso do tal lucas e fábio,ambos da comunidade alegria.Que Deus o coloque num bom lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas do Hélio?A irmã dele também qieria se fessora sem nunca ter estudado.

      Excluir


  12. Anônimo5 de setembro de 2018 17:07


    Anônimo4 de setembro de 2018 22:06
    Professores daqui não querem aumento,professores querem uma babinha da corrupção.Olhem só quanto absurdo:Professores com 160 horas(estão pianinhos),professores trabalhando um turno e recebendo dois(Não podem reclamar),professores que ganharam termos de posses de graças,professores querendo ser nomeados em outras cidade(professor gênio),professores que em gestões passadas nunca souberam o que era uma sala de aula,(deveriam ficar calados),professores que terceirizam a educação(tem acúmulos de cargos ou incompatibilidade de horário) e por aí vai.São esses professores que podem reclamar de aumento?.Sou professora,nunca mais participarei de uma manifestação,nunca!!


    Os fraudes e corrupção estão presente neste comentário acima copiei e compartilhei...vamos denunciar ESTÃO morrendo muitos pais e filhos

    ResponderExcluir
  13. Tá vendo meu conterrâneo o que dar fraudar concurso quantas pessoas você matou com tantos fraudes no Maranhão. Um alerta cuidado cuidado com esses fraudes em concurso uma hora tu é pego

    ResponderExcluir
  14. Como fica a situação de quem faz concurso público no Maranhão é triste com esses fraudes

    ResponderExcluir
  15. Tem algum funcionário de poção de pedras que recebe dinheiro por aí sem trabalhar e concursado em poção e Lago Açu será?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. meu caro, 99% dos funcionalismo público de Poção de Pedras é irregular e não adianta reclamar. Quando o próprio juiz aceita uma contratação descabida para o próprio fórum aí dá pra ver que o Brasil inteiro é corrompido, vc entendeu pq juiz, promotor não aplicam a lei? pois é tem uma pessoa contratada com o nosso dinheiro pra prestar serviço para o juiz e aí quem votou nesse tal de Cascaria fica a ver navios. Apliquem a lei senhores autoridades, deixem de ser coniventes com essa prática delituosa.

      Excluir
  16. Meu caro blogueiro,essa acusação é grvigravíssima, pois em Lago Verde tem muitos professores que trabalham em Lago Açú há muito tempo que são hidonios presam pela legalidade e que já mais iriam se envolver num mar de lama desses, generalizar que os professores fizeram um tipo de arrecadação dessas é no mínimo irresponsável, acusar quem trabalha honestamente não e justo pessoas honestas serem acusadas desta forma se a polícia fez isso não ateve aos fatos e pecou nesta acusação, como fica quem trabalha e e honesto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resposta. Caro leitor, em momento algum o texto menciona a cidade de Lago Verde, também não generaliza todos os professores, mas algumas pessoas que teriam assumidos cargos de forma irregular...A denúncia é de fato gravíssima e provém de informações da Polícia Militar, que Marinho tinha descoberto esquema de fraude em concurso público, estava sendo ameaçado por conta disso e que 50 pessoas, (também não fala que essaa pessoas são professores) estariam fazendo uma vaquinha ... essa é apenas uma linha da investigação para a motivação do assassinato. Esperamos que tudo deva ser esclarecido pela Polícia Civil.

      Excluir
  17. Que diabo é isso poção de pedras mencionado em comentário de corrupção eita Cidade que temos que tomar providências para um futuro limpo e saudável...Deus mudo essa ideologia de alguns corruptos.

    ResponderExcluir