sábado, 22 de setembro de 2018

Trizidela do Vale comemora o Dia da Luta Nacional das Pessoas com Deficiência



No Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, nesta sexta-feira, 21 de setembro, aconteceu uma caminhada com início da praça de ventos da baixada com destino à Praça Correa de Araújo, em Pedreiras, reunindo um bom número de alunos da rede municipal de ensino, professores e demais pessoas.

A programação que teve por objetivo chamar atenção da sociedade quanto ao respeito as pessoas com deficiência. A ideia partiu da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) e a coordenadoria do Atendimento Educacional Especializado (AEE) que ao longo desses anos tem se preocupado o bastante com a inclusão social buscando melhorias.

A data foi escolhida devido à proximidade com a primavera e o Dia da Árvore, numa representação do nascimento das reivindicações de cidadania e participação plena em igualdade de condições.

2 comentários:

  1. GRANDE INICIATIVA DESSE EVENTO, VOLTADO PARA UM PÚBLICO QUE RARAMENTE É LEMBRADO PELAS AUTORIDADES E ATÉ POR GRANDE PARCELA DA SOCIEDADE, "SADIA" MENTALMENTE.
    ENQUANTO AS POLÍTICAS DE VALORIZAÇÃO VOLTADA PARA OS DEFICIENTES FÍSICOS, ANDAM A TODO VAPOR HÁ MAIS DE UM SECULO NOS ESTADOS UNIDOS DA AMERICA DO NORTE, E EM VÁRIOS PAÍSES EUROPEUS, O BRASIL, AINDA PATINA E DERRAPA NAS PRIMEIRAS RAMPAS DE ACESSO QUE TIVERAM SUAS CONSTRUÇÕES EFETIVADAS EM MENOS DE 10 ANOS ATRAS, MUITAS DELAS SEM NENHUMA CONDIÇÃO DO PADRÃO ADEQUADO. BRASIL....ATÉ QUANDO???

    ResponderExcluir
  2. GRANDE INICIATIVA DESSE EVENTO, VOLTADO PARA UM PÚBLICO QUE RARAMENTE É LEMBRADO PELAS AUTORIDADES E ATÉ POR GRANDE PARCELA DA SOCIEDADE, "SADIA" MENTALMENTE.
    ENQUANTO AS POLÍTICAS DE VALORIZAÇÃO VOLTADA PARA OS DEFICIENTES FÍSICOS, ANDAM A TODO VAPOR HÁ MAIS DE UM SECULO NOS ESTADOS UNIDOS DA AMERICA DO NORTE, E EM VÁRIOS PAÍSES EUROPEUS, O BRASIL, AINDA PATINA E DERRAPA NAS PRIMEIRAS RAMPAS DE ACESSO QUE TIVERAM SUAS CONSTRUÇÕES EFETIVADAS EM MENOS DE 10 ANOS ATRAS, MUITAS DELAS SEM NENHUMA CONDIÇÃO DO PADRÃO ADEQUADO. BRASIL....ATÉ QUANDO???

    ResponderExcluir