segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Pedreiras em destaque nacional: Biblioteca Antenor Amaral é terceira colocada em premiação da Ong Recode



Pedreiras ganha destaque entre as bibliotecas públicas brasileiras.


A Biblioteca Pública Municipal Antenor Amaral ficou na terceira colocação em premiação das 10 bibliotecas públicas brasileiras que contribui com o avanço dos objetivos do desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), e com a transformação social de suas comunidades.

A presidente da Fundação Pedreirense de Cultura e Turismo (FUP), Francinete Braga, recebeu na última sexta-feira (26/10) o comunicado oficial através da ONG Recode.

Projetos de como Musicoterapia, amostra de arte, oficinas de leitura, fotografia e de vídeo e muitas outras atividades desenvolvidas pela Biblioteca Pública Antenor Amaral credenciaram Pedreiras para a escolha.

Mais fotos em Continua...




Veja o comunicado em Continua...
Integra do comunicado:

“Rio, 26 de outubro de 2018

A Recode, organização social voltada ao empoderamento digital, premiou 10 bibliotecas públicas brasileiras que contribuem com o avanço dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU e com a transformação social de suas comunidades.  Concorreram ao reconhecimento 48 bibliotecas participantes da primeira fase do programa Conecta Biblioteca, realização da Recode e da organização norte-americana Caravan Studios, uma divisão TechSoup. O prêmio valoriza os profissionais que lideraram a elaboração e implementação das novas atividades a partir das demandas identificadas em cada município.

Para os três primeiros lugares, a premiação será uma viagem à Colômbia para imersão em experiências bem-sucedidas de bibliotecas públicas. Os próximos colocados ganham equipamentos para apoiar o uso de tecnologia nesses espaços, tais como uma TV 40 polegadas (4º lugar), uma câmera digital (5º lugar), um retroprojetor (6º lugar) e computadores desktop (7º a 10º lugares).

Conheça os vencedores:

1º lugar - Biblioteca Municipal Wilson Marques (Tomé-Açú, PA) - Elanir Fernandes Cardoso
2º lugar - Biblioteca Maria Santana (Juína-MT) - Patrícia Itaibele Gomes Pereira
3º lugar - Biblioteca Municipal Antenor Amaral (Pedreiras-MA) - Francinete Santos Braga
4º lugar - Estação Literária Lourdinha Évora (Guararema-SP) - Vanessa Martins dos Santos
5º lugar - Biblioteca Municipal Wesley Viana de Moura (Redenção-PA) - Margareth Miranda de Oliveira
6º lugar - Biblioteca Municipal Prof. Nelson Foot (Jundiaí-SP) - Michele Santana Bueno
7º lugar - Biblioteca Antonio Massoud Ruffeil (Inhangapi-PA) - Edilza Pinheiro da Rocha
8º lugar - Biblioteca Argentina Lopes Tristão (Domingos Martins-ES) - Ana Maria da Silva
9º lugar - Biblioteca Municipal Madeira de Freitas (Cariacica – ES) - Marcelle da Silva Coelho Queiroz
10º lugar - Biblioteca Municipal Jorge Gomes de Carvalho (Curralinho-PA) - Mycnamara Moraes da Silva Ribeiro

Três melhores práticas

Em Tomé-Açu (PA), a programação voltada ao tema Cursos profissionalizantes trouxe uma formação sobre manejo sustentável para pequenos agricultores. Em Juína (MT), a demanda foi por uma maior presença da biblioteca junto ao dia a dia da população, que rendeu atividades de estímulo à leitura e protagonismo jovem como rodas de conversa e sarau em praças públicas e eventos oficiais do município, como Carnaval e aniversário da cidade.

Em Pedreiras (MA), o objetivo foi a formação de mediadores para levar oficinas de leitura e cursos na área cultural, como fotografia e produção de vídeos com celular. A ação alcançou jovens, comunidades rurais, quebradeiras de coco e quilombolas.

Comissão de avaliação

As novas programações foram implementadas de julho a outubro de 2017, após uma jornada de formação de cada profissional em pesquisa da comunidade, gestão participativa, articulação e comunicação. O resultado da escuta com a população local permitiu definir um tema relevante para nortear a programação com no mínimo quatro atividades gratuitas e abertas ao público. Os temas mais premiados revelam como a biblioteca pode ganhar uma relevância ainda maior, apoiando a transformação social e o desenvolvimento pessoal e profissional dos frequentadores, especialmente entre os jovens.
Os critérios para escolha foram aderência aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 4 e 8 da ONU, inovação, sustentabilidade, divulgação e clareza. A comissão avaliadora foi composta por cinco especialistas na área do Livro e Literatura: Adriana Ferrari (Federação Brasileira de Associações, Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições), Aluísio Cavalcanti (Casa da Árvore), Hanna Gledyz (Secretaria da Economia Criativa/MinC), Ana Maria Souza (DLLLB/MinC), Marcel Stefanelli Lara (Sesi/TO).

“As novas programações surpreendem pela qualidade e profissionalismo dos participantes do programa, que puderam fortalecer seu papel como agentes de transformação. Os projetos premiados mostram como é possível inovar e transformar as bibliotecas em centros de referência para suas comunidades, com promoção da leitura, da cultura e do uso consciente da tecnologia para impacto e empoderamento digital”, celebra Rodrigo Baggio, presidente da Recode.

As dez melhores práticas serão convidadas para compartilhar suas experiências em evento no Rio de Janeiro, em dezembro, com transmissão ao vivo para todo o Brasil nas redes sociais da Recode (https://www.facebook.com/rederecode/).

Sobre o Conecta Biblioteca

Realização da Recode e da Caravan Studios, o Conecta Biblioteca é um programa nacional de estímulo à transformação social por meio de bibliotecas públicas. Para isso, promove apoio e formação a uma rede de profissionais de bibliotecas. Adicionalmente, visa contribuir com o fortalecimento e a sustentabilidade da rede nacional de bibliotecas.

Sintonizado com as políticas públicas para o setor, o programa está orientado pelas metas estabelecidas no Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), Plano Nacional de Cultura (PNC) e também pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS). O Conecta Biblioteca tem o apoio do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP) e da Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) e patrocínio da Fundação Bill & Melinda Gates.

Sobre a Recode

A Recode é uma organização social que promove o empoderamento digital de jovens a partir da mobilização de uma rede de instituições. Por meio da criação e disseminação de metodologias de formação empreendedora e do uso de ferramentas digitais, busca ampliar o impacto de facilitadores em comunidades, escolas e bibliotecas e estimular o uso ético, consciente e cidadão da tecnologia. Assim, empodera indivíduos para reprogramar realidades. Com 23 anos de atuação, a Recode está presente em 7 países com 600 centros de empoderamento digital e já alcançou mais de 1.7 milhão de pessoas”.
Através de sua pagina no Facebook, a ONG Recode parabenizou aos selecionados com a seguinte nota:

“Nosso programa voltado para bibliotecas premiou os profissionais de biblioteca que se destacaram com as novas programações desenvolvidas por elas, baseadas na pesquisa da comunidade aplicada na primeira fase do Conecta Biblioteca! As três primeiras colocadas irão fazer uma viagem e conhecer as bibliotecas da Colômbia e as demais também serão premiadas! Parabéns a todas!”

A diretora da Biblioteca Pública Benedito Leite também emitiu nota parabenizando a Biblioteca Pública Municipal Antenor Amaral.

“A Biblioteca Pública Benedito Leite através do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Maranhão parabeniza a toda equipe da Biblioteca Pública Municipal Antenor Amaral, de Pedreiras, pela premiação no Programa Conecta Biblioteca.Nosso agradecimento especial à Secretária de Cultura de Pedreiras, Francinete Santos Braga, por acreditar e abraçar o Programa e entender a importância de uma Biblioteca Pública para uma comunidade, enquanto espaço de transformação social.Foram premiadas, por boas práticas, 10 bibliotecas públicas municipais de todo o Brasil e o Maranhão ficou em terceiro lugar. A Biblioteca Pública Municipal Antenor Amaral, de Pedreiras, foi a representante do Maranhão. Como premiação, além de todo o conhecimento adquirido, uma viagem à Colômbia para conhecer as boas práticas em Bibliotecas realizadas pelo País. Avante!”

Fonte: Assecom 

6 comentários:

  1. Parabens marite braga abixa ê potente. Ela ê poderosa. Ela tem sangue nos zoi. Parabems pelo seu belicimo trabai
    Rainha da cutura brasileira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rainha da cultura? não é isso o que falam dela, tanto quem trabalha e a maioria dos movimentos sociais. Faz uma pesquisa, que você vai saber. Ah povo sem noção! Eu simplesmente desistoooooooo!

      Excluir
  2. Sou de Pedreiras e nem sabia da existência dessa biblioteca

    ResponderExcluir
  3. Aproveita a matéria de diz onde fica que moro a 10 anos em Pedreiras e nunca ouvi falar nessa biblioteca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No palacio municipal .De pedreiras aproveite e venha estudar um poquinho e tira uma foto com nossa rainha da cutura francinete braga

      Excluir
  4. A blibioteva è tao conhecido quer estar em 3 lugar no brazil.

    Si vcs nao conheci a blibioteca è pq vcs nso estuta. Agora um Bar tenho sertesa quer vcs sabes



    Gracinete brega. A Rainha da cutura brasileira em 3 lugar morrao de enveja kkkkkk ei mas inveja mavhuca
    M
    A rainha vai vreser tanto nese gorverno quer ala vai ser eleita umas das veriafora mas bem votada em pedreiras

    ResponderExcluir