sábado, 20 de outubro de 2018

Polícia Federal cumpre mandado de prisão em Trizidela do Vale

Cuscuz de Trizidela do Vale 
A Polícia Federal do Maranhão (PF-MA), cumpriu na manhã deste sábado (20) um mandado de prisão do Acre, contra uma mulher, moradora do Município de Trizidela do Vale. A prisão faz parte da Operação Dolos, deflagrada hoje, no estado do Acre e em mais 11 (onze) estados brasileiros contra facções criminosas e visa combater o tráfico de drogas.
Droga apreendida durante a operação que teve início nas primeiras horas da manhã deste sábado (20) em vários estados brasileiros

A mulher, que não teve a identidade revelada, devido segredo de justiça, é suspeita de movimentação de dinheiro de tráfico de drogas.


Ela foi encaminhada ao presídio de Pedreiras.

Segundo informações, estão sendo cumpridas 146 ordens judiciais expedidas pela Justiça Federal do Acre, dentre as quais, 53 mandados de prisões temporárias, 22 mandados de prisões preventivas e 71 mandados de busca e apreensões, algumas delas realizadas no interior de presídios acreanos.

As investigações apontaram que houve uma movimentação de cerca de R$ 09 milhões, entre depósitos e retiradas de valores que seriam resultados de venda de drogas.

Operação Dolo

O nome da operação, segundo a PF-AC, vem do Deus Dolos, que representa engano, fraude e malícia. O nome buscou simbolizar o complexo sistema de lavagem de dinheiro operado pelas organizações criminosas investigadas, que possui uma rede de integrantes espalhada pelo país.

Com informações de Sandro Vagner (Pedreiras)

14 comentários:

  1. quando a federal começar a prender a galera do cartão do INSS pedreiras vai ficar vazia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkk verdade não vejo a hora kkkkkkk

      Excluir
    2. A galera das flaudes de cartão tem as costas largas, O negão está rico cm casas, sítios, terrenos, apartamentos em São Luís. Essa polícia deve esta recebendo algum valor PR nao mexer cm eles.

      Excluir
    3. Em Lago da Pedra não vai ser diferente tem até vereador podre de rico envolvido na máfia do inss

      Excluir
  2. Em Poção de Pedras é só o que tem, pessoas que agente nunca viu trabalhando morando em casas luxuosas, a máfia dos cartões é grande, vem gerando um enorme rombo nós cofres públicos, cidadãos que deveriam ser exemplo se prestar a uma falcatrua dessas, tem bancarios, comerciantes, veriador e muita gente envolvida nesse esquema. Vamos Polícia Federal façam uma varredura nessas máfias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Triste a realidade de minha querida Poção de Pedras.Gente querendo e com direito a aposentar-se e não pode.Sabe o que está acontecendo?Tem gente recebendo de forma irregular,sobre tudo uma mulher da rua ribeirão.Gente querendo uma sala de aula.Sabe o que está acontecendo?Gente com 3 matrículas e 200 horas,fato que é completamente ilegal.Gente sonhando em ter sua instabilidade.Sabe o que está acontecendo?Pessoas que estão tomando às vagas de quem estuda por fraude.Meu povo,Poção tornou-se a cidade pólo da corrupção no Maranhão.

      Excluir
  3. Prende mas Souta na outra semana!

    ResponderExcluir
  4. Quando virão Em Poção de Pedras?Se vier aqui é preciso contratar um Boeing 737

    ResponderExcluir
  5. A PF está chegando em Esperantinópolis também. Turma da marfia do cartão se preparem.

    ResponderExcluir
  6. Conheço ela, quem quiser saber va no meu pv

    ResponderExcluir
  7. Ministério público neles
    Se tivermos errados que pagamos

    ResponderExcluir
  8. Explorar o próximo é o objetivo de alguns funcionários em poção de pedras. .........ficam pregando moralismo.

    ResponderExcluir
  9. O que chama atenção é irregulares e vão para redes sociais críticas o amigos pode...eu tenho 120 horas e trabalho 25 horas mas fico calado. Tantas corrupção é nossa salvação

    ResponderExcluir
  10. Povo ladrão, quando Deus sentar a mão vai ter choro e ranger de dentes. A justiça de Deus tarda, mas não falha.

    ResponderExcluir