quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Bolsonaro: Cuba sai do Mais Médicos por não aceitar rever programa


Governo cubano anunciou que país não vai mais manter profissionais no Brasil e culpou presidente eleito pela decisão
Bolsonaro quer mudanças no Mais Médicos

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) voltou a comentar a  saída do governo cubano do programa Mais Médicos, nesta quarta-feira (14). Pelo Twitter, o político afirmou que "Cuba fica com a maior parte do salário dos médicos cubanos e restringe a liberdade desses profissionais e de seus familiares".

"Eles [governo de Cuba] estão se retirando do Mais Médicos por não aceitarem rever esta situação absurda que viola direitos humanos", escreveu.

Mais cedo, Bolsonaro já havia acusado o país caribenho de rejeitar as propostas dele, quanto à "aplicação de teste de capacidade e salário integral aos profissionais cubanos".


Por meio de nota, o Ministério da Saúde de Cuba declarou que "o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, fazendo referências diretas, depreciativas e ameaçadoras à presença de nossos médicos, declarou e reiterou que modificará termos e condições do Programa Mais Médicos, com desrespeito à Organização Panamericana da Saúde e ao conveniado por ela com Cuba, ao pôr em dúvida a preparação de nossos médicos e condicionar sua permanência no programa a revalidação do título e como única via a contratação individual".

Cuba integra o programa Mais Médicos desde agosto de 2013. Segundo o ministério, cerca de "20 mil colaboradores cubanos ofereceram atenção médica a 113 milhões 359 mil pacientes, em mais de 3.600 municípios, conseguindo atender eles um universo de até 60 milhões de brasileiros na altura em que constituíam 88% de todos os médicos participantes no programa".



Fonte: R7

8 comentários:

  1. Ribinha Cruz Bolsonaro15 de novembro de 2018 09:54

    está certo..Quem contrata tem que exigir o melhor......Esse e um Presidente de qualidade.... E no Brasil tem mais Médicos capacitados.....e muitos desempregados...

    ResponderExcluir
  2. A ditadura cubana não deixa os familiares dos seus supostos médicos desse programa virem com os mesmos para o Brasil, pois ficam reféns da ditadura para garantir que o dinheiro do trabalho deles vá pra ditadura. Isso é cruel, e ainda tem gente que apoia isso, mas não tem coragem de ficar no lugar desses médicos.

    ResponderExcluir
  3. EM RETALIAÇÃO AS VERDADES PUBLICADAS CONTRA A INCOMPETÊNCIA DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO. A SECRETÁRIA MANDOU REMOVER A DIRETORA DE UMA ESCOLA DO GRUPO DA SEMED. COMO SE ISSO FOSSE ALGO MUIIITO IMPORTANTE. SÓ FEZ O QUE ELA JÁ QUERIA HÁ MUITO TEMPO QUE ERA SAIR. TANTA BESTEIRA PUBLICADA E NENHUMA AÇÃO. VAI TER AGUENTAR NA DIREÇÃO DA ESCOLA NEM QUE NÃO QUEIRA. 😂😂😂😂😂😂😂😂



    Olha a situação da corrupção em poção de pedras no Maranhão
    Mensagem copiada do Facebook de um colega....

    Terceirizando e matando muitos acorda povo de poção.......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre foi assim, os professores do estado da cidade de Poção de Pedras, mais da metade se aposentou sem nem pisar na escola, nunca soube o que foi dar um dia de aula, vc tá enganado se penssar que isso vai mudar o promotor tá pouco se importando com isso. Só uma pergunta, quando foi que a Adrinadobaiter passou num concurso? pra quem ela tá prestando serviço?

      Excluir
  4. Tem gente que nunca trabalhou mas já fraudou concurso em Caxias
    Onde vamos parar com esses corruptos é concursado em outro município 60 horas poção de pedras cidades dos corruptos em concursos sou revoltados com alguns funcionários públicos de poção. Meu filho quer oportunidades

    ResponderExcluir
  5. Esse programa é muito bom e o nosso presidente não que acabar só quer organizar. Como pode um médico trabalhar o mês inteiro e 70% do seu salário ir para o governo isso é dimais. É escravidão já imaginou você trabalhar o mês inteiro e no fim do mês cair só 30% na sua conta a outra parte ir pro Michel temer. isso é absurdo. Bolsonaro tá certo tem que rever isso mesmo

    ResponderExcluir
  6. Tá certo tem que fazer revalida sim. Se um brasileiro for estudar Medicina em cuba quando chegar no brasil só pode exercer a função se fizer a prova. E ai eles são melhores que os brasileiros?

    ResponderExcluir
  7. Agora vai ficar legal, com esses médicos no Brasil a gente fica de 5 da manhã ate 9 pra ser atendido, sem eles vai melhorar muito.

    ResponderExcluir