segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Eterno vereador Corró pode virar prefeito de Trizidela do Vale neste mandato...

Corró - Um dia é da caça e outro é do caçador 
Corró, o eterno vereador e presidente da Câmara Municipal de Trizidela do Vale, pode ter o gosto de assumir, em definitivo, o comando do executivo daquele município ainda neste mandato.

São cada vez mais fortes as especulações que o prefeito Fred Maia renuncie ao cargo para disputar as próximas eleições municipais na vizinha cidade de Pedreiras; e caso os boatos se concretizem, no começo de 2020 Corrosão deve sentar-se na cadeira do prefeito.

Deve...

O prognóstico tem possibilidade em decorrência de alguns cenários políticos que estão se formando...

- Corró deve se reeleger presidente da Câmara Municipal de Trizidela do Vale com extrema facilidade para  o biênio 2019-2020.
"Prefeito Corró"
O homem tem história -  já era vereador, quando Trizidela do Vale era um bairro de Pedreiras  há 30 anos 

- O atual vice-prefeito, Dr. Deibson Balé, tem afirmado nos quatro cantos de Trizidela do Vale que, caso Fred Maia renuncie para concorrer à prefeitura de Pedreiras, ele não assumirá a prefeitura nenhum dia sequer. O vice almeja ser refeito de Trizidela do Vale por 8 anos, como o pai dele, Jânio Balé, porém, caso ele assuma o cargo neste mandato, em 2020, concorrerá a reeleição, então ficará menos de 5 anos os dois mandatos, se vencer as próximas eleições. 
Prefeito Fred Maia já disse que quer ser prefeito de Pedreiras
e Dr. Deibson Balé tava falando lá na Santa Maria dos Ricardos que vai ser prefeito por 8 anos 
Por conta dessas conjunturas futuras, Corró, morador do povoado Morro dos Caboclos e decano da Câmara trizidelense, tem tudo para virar prefeito na vacância do cargo.

Será?

Mas será que Fred  Maia renuncia ao mandato para tentar realizar o sonho de governar Pedreiras? Soube que ele está só aguardando o resultado de uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em Brasília. A resposta tem previsão de chegar em 90 dias, até lá, Fred Maia é pré-candidato em Pedreiras, Dr. Deibson sonha com os 8 anos e Corró, que já é vereador há 30 anos, aguarda o momento glorioso de vestir a faixa de prefeito.


Vamos também aguardar. 

Corró - De Olho na faixa ...

13 comentários:

  1. Fred é arrojado, decidido, vai pra cima e resolve as coisas. Basta andar em Trizidela. O aniversário de Trizidela foi de arromba

    ResponderExcluir
  2. Repercussão geral: STF impede terceiro mandato consecutivo de prefeito em municípios distintos

    Durante a sessão plenária desta quarta-feira (1º), o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve, por maioria dos votos, entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no sentido de que se torna inelegível para o cargo de prefeito cidadão que já exerceu dois mandatos consecutivos na chefia de executivo municipal, mesmo que pleiteie candidatura em município diferente. Os ministros reconheceram que essa questão constitucional tem repercussão geral.

    A questão foi analisada no julgamento do Recurso Extraordinário (RE 637485) interposto por Vicente de Paula de Souza Guedes contra acórdão do TSE que confirmou decisão de cassar o diploma dos candidatos eleitos para os cargos de prefeito e vice-prefeita do município de Valença (RJ), no pleito de 2008. Por decisão majoritária, os ministros deram provimento ao recurso, ao entender que TSE poderia ter modificado antiga jurisprudência sobre a matéria, mas, para isso, deveria modular os efeitos da decisão, por motivo de segurança jurídica.

    O exame do RE promoveu discussão sobre a possibilidade de prefeito reeleito para um determinado município transferir seu domicílio eleitoral e concorrer ao cargo de prefeito em município diverso e, assim, caracterizar o exercício de um terceiro mandato, situação na qual poderia ser aplicada inelegibilidade prevista no artigo 14, parágrafo 5º, da Constituição Federal. Tal hipótese foi chamada pela jurisprudência do TSE de “prefeito itinerante” ou “prefeito profissional”.

    Vicente exerceu cargo de prefeito do município de Rio das Flores (RJ) por dois mandados consecutivos (2000-2004 e 2004-2008) e, posteriormente, candidatou-se e elegeu-se, no pleito de 2008, prefeito de Valença (RJ), o que motivou a proposição de recurso pela coligação adversária contra expedição de diploma eleitoral. O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) negou provimento ao recurso. Porém, o TSE, ao analisar a matéria em recurso especial, cassou o diploma do candidato eleito e de sua vice.

    No RE interposto ao Supremo, os advogados do recorrente sustentam que o acórdão questionado violou a norma do artigo 14, parágrafos 5º e 6º, e do artigo 5º, caput, da Constituição Federal. Alegam que o acórdão contestado não fez a necessária distinção entre reeleição de mesmo cargo com reeleição para cargo de mesma natureza e que “a surpreendente alteração de jurisprudência ocorrida depois da eleição realizada afeta, de forma evidente, o princípio da segurança jurídica, porquanto frustra a possibilidade de o indivíduo ter previsão das consequências do ato a ser praticado”.

    Segundo a defesa do prefeito, a proibição para o exercício de mais de dois mandatos consecutivos decorre do princípio democrático da alternância de poder, a fim de evitar a perpetuação de mesmo grupo político à frente da administração de determinada localidade. Porém, argumenta que novo mandato em município diverso ao anterior não encontra óbice no conceito de reeleição.

    ResponderExcluir
  3. agora termina de afundar

    ResponderExcluir
  4. Não ao retrocesso! Ditadura não! Esse cara não tem voto em Pedreiras! Pensa que aqui é TRIizela do Vale! Vai perde seu mandato em TZV kkkkkkkkkj

    ResponderExcluir
  5. Só no Maranhão que se vê essas prezepada, por esse vive nessa penúria e decadência. E a população aí inves de se inojar por uma atitude desaa elogia pelo aniversário da cidade e etc... Mas pode ser falta de assuntos do blogueiro, o que não seria surpresa nenhuma por tanta lorotas que ele posta

    ResponderExcluir
  6. Jânio Balé não tem votos aqui em Pedreiras não,sera que esse aloprado pensa que tem votos em Trizidela só Vale ? Só existem dois homens que tem votos em Trizidela,janio Balé e Paulo Maratá,o resto é conversa fiada

    ResponderExcluir
  7. Kkkk eita coisa boa e prefeitura, uns não querem mais sair do poder, outro não quer passar pouco tempo no poder e assim o povo vai tomando no cu e cantando😂

    ResponderExcluir
  8. tu é doido e cara chama um pecador desse de eterno cara desse nunca fez nada como vereador vai fazer como prefeito . a verdade e q nemhum desse malas fazem nada nada

    ResponderExcluir
  9. No meu ponto de vista, Fred Maia pode até não ter voto em pedreiras, mais que e um bom candidato para o cargo sim, vejamos nas atuais diferenças entre as cidades, trizidela do vale está toda no asfalto, atendimento médico de qualidade, sempre tem médico no hospital, ele pode ser um aloprado, mais e um aloprado muito melhor do que o prefeito de pedreiras, do mesmo modo que demos uma chance para o bolsonaro, não custa nada tentar com o Fred, se ele não prestar agente tira, são só 4 anos passa rápido.

    ResponderExcluir
  10. Só quem mora em trizidela do vale e convive o dia a dia do povo sabe o quanto as classes menos favorecidas sofrem.acabamos de nocautear a família Sarnes temos que tirar essas pessoas que usam cargo público como emprego vitalicio.

    ResponderExcluir