quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Weverton classifica como equívoco a extinção do Ministério do Trabalho


O deputado federal e senador eleito pelo Maranhão, Weverton Rocha (PDT), classificou como equívoco a decisão do presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), que, nesta quarta-feira (07), anunciou a extinção do Ministério do Trabalho e incorporação da pasta a uma outra que ainda não foi definida.

“Vejo com preocupação o anúncio de que o Ministério do Trabalho deixará de existir e suas políticas serão incorporadas por outras pastas. Isso é um grande equívoco. O MT existe há 88 anos, já teve estruturas diferentes, mas sempre comandou a política de empregos no País”, afirmou o pedetista.

“Não se pode desprezar a experiência quase centenária dessa pasta. A geração de trabalho e renda precisa de uma atenção especial e especializada, principalmente neste momento de crise econômica, que atinge em cheio o trabalhador brasileiro”, completou.

Weverton está em Brasília, onde participou de encontro com a bancada do PDT e com o ex-presidenciável do partido, Ciro Gomes.

Na oportunidade, a legenda ratificou posicionamento de oposição ao governo de Bolsonaro.

Fonte: Glaucio Ericeira

4 comentários:

  1. Esquerda nojenta! A tendência é a extinção!

    ResponderExcluir
  2. Weverton Rocha pensamos que o tempo não anda. Idade não é nada. As coisas mudam. Os tempos são outros. Menos essas Mamas que só servem para cabides dos políticos.

    ResponderExcluir
  3. deve tá preocupado com esses cabides de emprego q sao esses ministérios idiota

    ResponderExcluir