terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Dois PM’s, um mecânico e um pistoleiro são presos pela morte do prefeito de Davinópolis


Na manhã desta terça-feira (11), a Polícia Civil do Maranhão deu cumprimento a quatro mandados de prisões nas cidades de Grajaú, Imperatriz e em Dom Eliseu-PA, contra acusados pelo assassinado do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva, ocorrido no mês de novembro.

Informações obtidas com exclusividade pelo blog do Domingos Costa, revelam que os seguintes indivíduos foram presos durante operação; 

- Francisco de Assis Bezerra Soares, conhecido como Tita, identificado como Policial Militar do Estado do Pará.

- José Denilton Guimarães, conhecido como Boca Rica, (mecânico) que segundo a investigação fez a articulação e contratação dos executores.

- Willame Nascimento da Silva, Policial Militar do Maranhão, lotado em Grajaú, fora convidado para a execução.

- E Jean Dearlen dos Santos, Jean Listrado, outro cooptado para realizar a execução. Ele é um pistoleiro da região mercadinho.

Um comentário:

  1. Pelo visto só não prende os assasinos e os mandantes da morte doa alagoanos e Lucena, porque saber a policia ja sabe.Infelismente tem gente grande envolvida políticos da região que compram o silêncio de todos.

    ResponderExcluir