quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Mulher agredida em Pedreiras pede para que a polícia não prenda seu companheiro

Resultado de imagem para agressão a mulher

No natal da última terça-feira (25) houve um crime informado pela Polícia Civil de Pedreiras, o mesmo chama atenção para casos de Maria da Penha que ficam impunes. Na ocasião, um homem foi denunciado e acusado de agredir a esposa, além de quebrar seu celular. Apesar disso, a vítima se recusou a prestar um B.O., afirmando que o marido estava fora de si, alcoolizado, e não deveria ser julgado pelo ocorrido.

Ela declarou aos policiais que o homem não chegou a agredi-la, mas apenas puxou seu cabelo. A vítima aparentemente não sabe que esse tipo de atitude, pela lei, já é considerado um ato passível de prisão. Outras coisas aparentemente mais inofensivas, como usar palavrões contra a parceira, também são caracterizado como crime.

A mesma revelou que não deseja dar continuidade ao processo, porque já está se separando do marido de vez. Mesmo com a recusa da vítima em prosseguir, a delegada de plantão Silvana Prazeres deu andamento ao caso e resolveu autuar o agressor. 

4 comentários:

  1. Tem muitas mulhes na mão.de vagabundo cachaceiro usuário de drogas quer agride sua esposa além de tudo ainda tem uma umar ê sustentado pela esposa e mãe e pai ê tão vagabundo quer ainda

    ResponderExcluir
  2. Pois vai sustentar a mulher e os filhos dela!

    ResponderExcluir
  3. Deixa ele solto e prende ela.

    ResponderExcluir
  4. Deixa ele solto e prende ela.

    ResponderExcluir