quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Marido agride e tenta atear fogo nas roupas e no cabelo da esposa em Pedreiras


Resultado de imagem para atear fogo pessoas
O homem tentou cometer o crime utilizando uma caixa de fósforos
Na última segunda-feira (31), um homem,nome não identificado pelo blog, agrediu a esposa e tentou tocar fogo nela. A ocorrência aconteceu às 11 horas da manhã, na Rua Otávio Passos, em Pedreiras. A polícia militar foi acionada, o marido foi conduzido e apresentado no plantão da 14ª Delegacia Regional. Ele permanece preso pelos crimes de violência doméstica, ameaça e lesão corporal.

Os relatos afirmam que o agressor estava com uma caixa de fósforos, tentando queimar o cabelo e as roupas da companheira. 

Outros casos... 

Pedreiras está recheada de casos de Maria da Penha nos últimos dias. Aparentemente, alguns maridos andam exagerado no clima de festa de ano novo e acabam tendo o humor alterado. 

Dentre os casos, está um fato que ocorreu no último sábado (29), em que um homem pegou uma garrafa pet com água congelada e arremessou contra a cabeça da esposa. A mulher acabou ficando com hematomas.

O agressor foi autuado em flagrante e no momento se encontra preso na 14ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Pedreiras. 

Outro fato aconteceu também na última terça-feira (1), onde vizinhos encaminharam denúncias de que uma mulher estava sendo agredida pelo marido e gritando por socorro. Quando a PM chegou no local, o autor das agressões havia pulado o muro e fugido. Horas depois, os policiais deram de cara com o agressor, enquanto passavam por outra localidade. Ele já foi encaminhado para a delegacia. 






Blog do Carlinhos no Instagram
Blog do Carlinhos no facebook
Blog do Carlinhos mo You Tube 


2 comentários:

  1. Essas Marias da Penha tem que parar de botar chifres nos seus maridos. Quem me retrucar é gay.

    ResponderExcluir
  2. É caso a pensar, o porquê do aumento da violência, apesar da Maria da Penha. A Lei é dura, tem campanha incentivando as denúncias, mas os homens não aceitam pontas.

    ResponderExcluir